0
“O que você quer fazer quando crescer?”. Quem nunca ouviu essa pergunta desde a mais jovem infância? A depender da resposta que você tivesse dado, as pessoas riam, perguntavam interessadas ou simplesmente esnobavam, apontando para o fato de que nem tudo pode “ser levado a sério” porque “não dá futuro”.  Comportamentos como esse, típicos da nossa sociedade, exercem pressão sobre nossas decisões, e ao mesmo tempo que podem nos levar a um caminho de sucesso e realização, podem também nos frustrar e nos tornar infelizes.

Decisões importantes como a de escolher uma carreira precisam ser antecipadas de alguma reflexão e planejamento. Conheço muitos concurseiros que foram na onda de amigos, dos pais e demais familiares e acabaram se vendo na infelicidade de exercer um cargo público que odiava. Já imaginou o peso de ter que acordar todos os dias e se aprontar para ir a um lugar que você não quer, fazer algo que você não gosta? Terrível! 

Para não cair nessa cilada, sugerimos que você decida definitivamente que quer fazer Concurso e seguir uma carreira pública. Se ainda está em dúvida, os próximos tópicos irão lhe ajudar a chegar a uma certeza.
Você quer essa profissão?
Seja juiz, delegado, médico, policial, auxiliar administrativo ou qualquer outra profissão: você precisa assumir definitivamente que essa é sua escolha de vida. Mas não faça isso sem conhecer o que realmente faz esse tipo de profissional. Procure saber das dificuldades passadas por eles, das limitações durante o serviço.Após tomar posse num cargo público provavelmente você estará “condenado” por décadas a fio a trabalhar com aquilo. Se você não estiver certo do seu prazer em desenvolver esse trabalho a tendência é que você faça a você e aos que estão ao seu redor infelizes. Não se condene a isso!

Postar um comentário

 
Top