0

ELDORADO LIVRE DE HOMICÍDIOS E QUEDA DO NÚMERO DE ROUBOS E FURTOS!

ESTÃO AÍ OS RESULTADOS DE UM PRIMEIRO SEMESTRE DE MUITO TRABALHO!
BALANÇO - 1º Semestre de 2016
Em uma análise dos crimes que mais afetam a sociedade, quais sejam, os crimes com resultado morte e os crimes contra o patrimônio, constata-se que praticamente todos os índices de criminalidade foram reduzidos.

NENHUM HOMICÍDIO REGISTRADO
Não foi registrado homicídio nesse primeiro semestre, o que demonstra que o serviço ostensivo vem sendo feito de forma satisfatória.

100% de resolutividade: a taxa dos EUA, assim como do MS é de 73%.
Com certeza, esse índice de repressão repercutiu e repercutirá nos índices deste ano, devido a certeza da punição!
QUEDA DOS CRIMES DE ROUBA EM NOSSA CIDADE.
Foram registrados 6 (seis) B.O's de roubo em Eldorado, sendo que 5 (cinco) deles foram solucionados, o que representa uma taxa de 83,33 % de resolução.

CAUSAS DO ACRÉSCIMO DE OUTROS TIPOS DE FURTOS
O crime de furto apresentou um pequeno acréscimo.
Como causas, podemos atribuir duas principais razões:
A primeira causa foi uma onda de furto de bicicletas praticadas nos meses de fevereiro a maio. Destaque-se aqui as atividades de patrulhamento desempenhadas pela Polícia Militar da cidade que surtiram resultado com prisões. Tais ações repressivas e preventivas, bem como as orientações quanto aos cuidados básicos relativos à segurança patrimonial, adotadas pelos próprios donos dos bens, certamente diminuirão esses índices no segundo semestre.

A segunda justificativa desse aumento do índice de furtos pode ser atribuída ao aumento da confiança da população na polícia. Isso mesmo! Muitas pessoas deixavam de registrar “pequenos furtos”, sob a alegação que seus problemas não seriam resolvidos. Com o resgate da confiança nas forças de segurança, os registros passaram a ser realizados. Hoje, qualquer que seja o valor do furto, o cidadão comparece na unidade policial e comunica o fato, o qual é investigado.
REDUÇÃO DOS ÍNDICES DE ROUBO
Importante destacar a queda do roubo (que é a subtração de pertences das vítimas na qual o autor se utiliza de violência ou grave ameaça).
Muito mais grave que o furto, o roubo causa intranqüilidade a toda e qualquer comunidade.
Em relação a esse crime, os cidadãos Eldoradenses são cidadãos privilegiados, diante do baixíssimo índice comparado a outras cidades e regiões.
Foi realizada uma operação que desmantelou uma organização criminosa que atuava no roubo de veículos em nossa região, sendo possível tirar das ruas 5 (quatro) criminosos integrantes da organização.

RECAPTURA DE CRIMINOSOS FORAGIDOS
Recentemente ocorreu uma fuga de 9 (nove) presos nesta Delegacia, porém, a ação rápida da Polícia Civil, que contou com a ajuda da Polícia Militar, resultou na recaptura de 8 (oito) dos 9 (nove) foragidos o que resultou no insucesso do plano de fuga.
Tratam-se de importantes ações, considerando que muitos crimes são praticados por pessoas foragidas, que vivem à margem dos ilícitos, considerando as altas taxas de reincidência no país.

AÇÕES DE CUNHO PREVENTIVOS E SOCIAIS
A Polícia Civil de Eldorado também desempenha funções de cunho preventivo, que serve para prevenir que crimes ocorram, tais como rondas noturnas, instruções a proprietários de bicicletas, motocicletas e carros para que não facilitem a ação dos criminosos e ajudem a Polícia a colocá-los na cadeia.

AÇÕES INTEGRADAS
Diversas ações integradas também foram realizadas pela Delegacia de Polícia de Eldorado com outras unidades deste e de outros Estados, com a Polícia Militar e Polícia Federal. Destaque para participação nas operações "FORÇA UNIDA" e “GGIFRON”. A Operação “Força Unida”
realizada em Fevereiro, que contou com 20 equipes de policiais civis e federais de Naviraí e das cidades de Itaquiraí, Iguatemi, Mundo Novo e Eldorado.
As equipes cumpriram 26 mandados de buscas e apreensão que foram expedidos pelo Juiz da vara criminal de Naviraí. As buscas e apreensão foram realizadas em diversas residências da cidade, locais estes identificados como sendo possíveis pontos de vendas de drogas. Na operação foram apreendidas drogas devidamente preparadas para a venda, dinheiro entre outros petrechos utilizados para o tráfico de drogas.
A operação contou com mais de 70 Policiais dentre Civis e Federais. Já a Operação coordenada pela GGIFRON, policiais Civis da Delegacia de Polícia de Iguatemi e Eldorado uniram-se à Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental e Receita Federal e realizaram operação coordenada pelo GGIFRON (Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras). As ações concentraram-se na região conhecida como “Bar da Gorda”, próximo à entrada da Aldeia Porto Lindo. Ainda foram realizados patrulhamentos no Assentamento Tagros e Vilas situadas na linha internacional. Na Vila Carioca, policiais civis e federais se depararam com situação de violência familiar. Um adolescente foi surpreendido no momento em que agredia seus avós com pauladas e socos na cabeça. O menor foi contido, apresentado ao Delegado de Sete Quedas, o qual solicitou o internamento do adolescente, que foi decretado pelo Poder Judiciário de Sete Quedas. Outras equipes, também de diversas forças policiais, atuaram em pontos estratégicos, praticamente bloqueando a fronteira do Cone Sul, visando coibir o tráfico de drogas, contrabando, entrada de veículos furtados e roubados. Um helicóptero da Receita Federal foi utilizado durante a ação.

OPERAÇÃO “FRONTEIRA SEGURA”
Policiais Civis de Eldorado realizaram bloqueios em períodos específicos e patrulhamento ostensivo na Rodovia, visando dar maior segurança e tranqüilidade à sociedade. Diversos automóveis, caminhões e ônibus foram abordados e checados. A Rodovia é considerada um dos locais de passagem de veículos que transportam drogas, contrabando e armas e também rota de automóveis furtados e roubados. Durante uma dessas ações, policiais civis de Eldorado e Iguatemi, em conjunto, em abril realizaram um cerco a um caminhão que estava transportando drogas e a um veículo Golf que estava sendo utilizado para função de batedor. Os veículos foram abordados no centro urbano de Eldorado e em vistoria ao caminhão, encontrada a droga, que pesada totalizou 1316kg (um mil, trezentos e dezesseis quilogramas). O motorista do caminhão e batedor confessaram a associação entre eles para o fim de praticar o tráfico.

CONCLUSÃO
São resultados positivos, que refletem não apenas o trabalho da Polícia Civil, mas também números alcançados em conjunto com os demais Órgãos de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso do Sul (Polícia Civil, Militar e DOF), tão somente analisados no âmbito do nosso município.
Esperamos um próximo semestre ainda melhor. Trabalharemos com garra para isso, garantindo dessa forma a paz e a tranqüilidade da nossa população. E esperamos contarmos, cada vez mais, com a participação efetiva dos cidadãos de bem:

" SEGURANÇA PÚBLICA:
DEVER DO ESTADO,
RESPONSABILIDADE DE TODOS! "

POLÍCIA CIVIL: SERVIR E PROTEGER!!!

Fonte: 

Postar um comentário

 
Top