0
A conclusão é do Mapa da Violência do Brasil – 2016, que analisou crimes do tipo cometidos entre 2012 e 2014 em cerca de 3 mil municípios brasileiros que juntos concentram 98% dos homicídios do país.
No topo do ranking está Mata de São João com a taxa média de 102,9 mortes por armas de fogo para cada 100 mil habitantes. Não é de hoje, contudo, que a cidade aparece nos primeiros lugares da lista. Na última edição do estudo, com dados de 2010 a 2012, o município ficou em quinto, com 93,1 homicídios por 100 mil habitantes.
A elevada violência na cidade pode ser explicada por aquilo que o autor do estudo, o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, chama de “turismo predatório”. “Esse é um dos municípios com grande visitação nos finais de semana. Muitas pessoas vão para lá para beber ou festejar, ou seja, tem muito álcool, drogas e isso aumenta a violência nesse entorno”, afirma Waiselfisz, que é coordenador da área de estudos da violência da Faculdade Latino-Americana de Estudos Sociais.
Vista geral da Costa do Sauípe, na Bahia: Mata de São João, que abriga praias paradisíacas, é a cidade mais violenta do país em dados proporcionais
Vista geral da Costa do Sauípe, na Bahia: Mata de São João, que abriga praias paradisíacas, é a cidade mais violenta do país em dados proporcionais
O Nordeste é a região do país que abriga o maior número de cidades violentas que aparecem no Mapa. Na edição de 2016, as seis primeiras posições são ocupadas por municípios nordestinos.
Atrás de Mata de São João, figuram Murici e Satuba, ambos em Alagoas, em segundo e terceiro lugar, respectivamente. Conde (PB), Eusébio (CE) e Pilar (AL) seguem entre a 4ª e 6ª posição.
Alagoas é o estado que possui a maior proporção de cidades entre as mais violentas do país. Dos 102 municípios alagoanos, 27 estão no ranking — um total de 26,5%. Ceará e Sergipe aparecem em seguida com 10,9% e 10,7%, respectivamente.
Para Waiselfisz, o aumento da violência no Nordeste nos últimos 15 anos é uma consequência direta do fortalecimento da segurança, especialmente, nos grandes centros metropolitanos do Sudeste. “O criminoso passou a ir para áreas que têm dinheiro, mas com polícia fraca e despreparada, por isso algumas regiões nordestinas passaram a subir no ranking”, diz.
Além do turismo predatório no litoral e dos novos polos de crescimento nas cidades do interior, o mapa aponta outras características da violência local no Brasil.
Uma delas é a zona de fronteira internacional, onde há concentração de rotas de contrabando de armas e tráfico de drogas. Nessa categoria estão, por exemplo, a cidade de Coronel Sapucaia (MS), que sempre ocupa lugar de destaque nos mapas da violência. Na edição, ela figura em 68º.
Outra zona de risco é o “arco do desmatamento amazônico”, locais onde projetos agrícolas e de grilagem de terra levam ao extermínio de populações locais, como foi encontrado pelo estudo na cidade de Colniza (MT).
Planejamento
Desde 1998, o ranking da violência não apresenta mudanças significativas no conjunto de cidades que abriga. Para o pesquisador, isso é um sinal claro de falhas no planejamento. “O que falta é uma política nacional de enfrentamento da violência, pois não é possível combater um problema nacional com políticas locais”, explica Waiselfisz.
Para ele, também é necessário investir mais para reverter esse cenário. “Hoje estamos dando poucas gotinhas para ver se essa febre passa, mas tem que dar mais remédio”, afirma.
Do método
Neste ano, o ranking das cidades mais violentas do país inclui a média dos homicídios por armas de fogo de 2012, 2013, e 2014 — os últimos com dados disponíveis. Essas estatísticas foram comparadas com a média das estimativas de população nesse período.
Foram consideradas apenas cidades com mais de 10 mil habitantes, um total de 3.084 municípios, de acordo com dados do IBGE. Esses locais concentram 98% do total de homicídios por armas de fogo do país.
Veja a lista completa das 150 cidades mais violentas do Brasil:
MunicípioUFMédia de homicídios 2012/2014População média 2012/2014Homicídios por 100 mil habitantesPosição nacional
Mata de São JoãoBA45,043.753102,9
MuriciAL28,027.796100,7
SatubaAL14,014.66695,5
CondePB21,722.94194,4
EusébioCE46,049.25293,4
PilarAL32,034.59392,5
AnanindeuaPA451,3492.52491,6
Simões FilhoBA116,7127.67091,4
PojucaBA31,335.90687,3
Lauro de FreitasBA155,7181.14685,910º
Marechal DeodoroAL42,049.29085,211º
QuixeréCE18,021.15485,112º
ItabunaBA174,0214.31181,213º
Porto SeguroBA112,3138.6438114º
Rio LargoAL58,072.01880,515º
Santa RitaPB103,7129.5978016º
ItaitingaCE30,037.55079,917º
ArapiracaAL179,3225.03679,718º
Tabuleiro do NorteCE23,329.89478,119º
HorizonteCE47,060.33577,920º
MaceióAL760,7985.14877,221º
JaguaribaraCE8,310.84876,822º
FortalezaCE1914,02.541.29975,323º
Santa Cruz CabráliaBA20,727.50775,124º
MacaíbaRN56,074.6737525º
São José de MipibuRN31,341.87674,826º
São Joaquim de BicasMG19,727.78070,827º
SerraES314,0455.43868,928º
Presidente DutraMA31,745.99168,929º
EunápolisBA73,0108.48867,330º
CoruripeAL36,755.00866,731º
RussasCE48,373.13466,132º
AquirazCE50,075.87365,933º
BaraúnaRN17,026.04165,334º
ValençaBA61,394.3716535º
São SebastiãoAL21,733.43264,836º
CamaçariBA175,3270.74264,837º
Santana do IpanemaAL30,046.79964,138º
PiaçabuçuAL11,317.72963,939º
São José da LajeAL15,023.56863,640º
São Miguel dos CamposAL37,058.40963,341º
RibeirópolisSE11,317.90863,342º
ExtremozRN16,726.36963,243º
João PessoaPB480,7764.27462,944º
Joaquim GomesAL14,723.53662,345º
ItaparicaBA13,721.93362,346º
PinheirosES15,725.53961,347º
ParatyRJ24,039.38060,948º
Cabo de Santo AgostinhoPE117,3194.58660,349º
MossoróRN167,0277.12060,350º
ItabelaBA18,030.09359,851º
GuaíraPR19,031.86659,652º
AlagoinhasBA89,0149.86359,453º
Campina Grande do SulPR24,040.63759,154º
Cabo FrioRJ118,0200.0215955º
MaritubaPA69,0117.09158,956º
PlanaltinaGO49,785.20458,357º
CapelaAL10,017.19558,258º
São LuísMA610,31.052.5765859º
AlvoradaRS116,7202.62557,660º
IlhéusBA105,0184.76056,861º
Areia BrancaSE10,017.66256,662º
ViçosaAL14,725.97456,563º
MarabáPA140,7250.84356,164º
ChorozinhoCE10,719.10855,865º
Teixeira de FreitasBA84,0150.68255,766º
Dias d’ÁvilaBA41,073.78555,667º
Coronel SapucaiaMS8,014.52455,168º
MojuPA41,074.4875569º
Entre RiosBA23,041.88354,970º
AtalaiaAL25,346.24454,871º
MaracanaúCE118,3217.02554,572º
Santa Helena de GoiásGO20,337.6475473º
Senador PompeuCE14,326.5465474º
MaribondoAL7,313.63853,875º
CajueiroAL11,321.12253,776º
IbirapitangaBA12,723.62053,677º
CariacicaES195,7369.1075378º
Novo ProgressoPA13,325.1745379º
AlexâniaGO13,325.21952,980º
Palmeira dos ÍndiosAL38,372.66552,881º
ItapebiBA5,710.75052,782º
São Sebastião do PasséBA23,344.28952,783º
Teotônio VilelaAL22,743.09952,684º
LuziâniaGO96,3186.30151,785º
TailândiaPA46,389.97551,586º
FundãoES9,718.79851,487º
MessiasAL8,716.91751,288º
PacajusCE33,766.23650,889º
Limoeiro do NorteCE29,057.13650,890º
LaranjeirasSE14,328.27050,791º
Primavera do LesteMT28,055.27050,792º
CaucaiaCE173,0343.51850,493º
Moita BonitaSE5,711.25350,494º
AriquemesRO49,798.95950,295º
Almirante TamandaréPR54,7109.10050,196º
Valparaíso de GoiásGO72,7145.14650,197º
EsplanadaBA17,735.29650,198º
CandeiasBA43,787.2835099º
BetimMG201,3402.45050100º
AltamiraPA52,3104.73950101º
União dos PalmaresAL32,364.72750102º
BranquinhaAL5,310.69249,9103º
Vera CruzBA20,340.79249,8104º
CanavieirasBA16,332.96249,6105º
MariPB10,721.53549,5106º
Ilha de ItamaracáPE11,723.71049,2107º
QuixadáCE40,783.64448,6108º
Aparecida de GoiâniaGO240,7495.38748,6109º
Várzea GrandeMT127,3262.28848,5110º
MangaratibaRJ19,039.14048,5111º
BuritisRO17,335.72048,5112º
IrecêBA34,370.76648,5113º
Rio FormosoPE11,022.80348,2114º
Santo Amaro das BrotasSE5,711.79548115º
PatosPB50,0104.08948116º
AlhandraPB9,018.75048117º
PropriáSE14,029.21447,9118º
NatalRN404,0844.52147,8119º
JequiéBA75,7158.30447,8120º
ItabaianaSE43,391.03547,6121º
Santo Antônio do DescobertoGO32,067.31947,5122º
Senador CanedoGO44,793.97147,5123º
Olho d’Água das FloresAL10,021.17747,2124º
RondonópolisMT97,7207.34947,1125º
ImperatrizMA118,0251.28447126º
RedençãoCE12,726.97747127º
AracajuSE284,3608.68146,7128º
São BentoPB15,032.43346,2129º
ItuberáBA13,028.16846,2130º
QuirinópolisGO21,045.73645,9131º
Lagoa de ItaengaPE9,721.06245,9132º
Major IsidoroAL9,019.64145,8133º
LucenaPB5,712.37545,8134º
AlcobaçaBA10,322.57845,8135º
Nísia FlorestaRN11,725.50345,7136º
Morada NovaCE28,362.03045,7137º
São MateusES53,7118.40845,3138º
CabedeloPB28,362.54045,3139º
GoiâniaGO622,31.379.90245,1140º
IbateguaraAL7,015.57544,9141º
Juazeiro do NorteCE116,7260.21444,8142º
Igarapé-MiriPA26,759.51544,8143º
ColnizaMT13,730.62944,6144º
Vitória da ConquistaBA147,7331.02344,6145º
JaguaretamaCE8,017.96644,5146º
ParauapebasPA78,0175.42544,5147º
VitóriaES152,3344.51144,2148º
FormosaGO47,3107.40444,1149º
SalvadorBA1245,72.832.52644,0150º
Nota do resort Costa do Sauípe: “A Costa do Sauípe, maior destino de férias do Brasil, está localizado em uma propriedade privada, totalmente controlada e que dispõe de equipe própria de segurança, sistemas de segurança e CFTV em todo o resort.A companhia informa ainda que, entre 2012 e 2014, não houve nenhum registro de violência dentro de Sauípe.”
Fonte: Abril

Postar um comentário

 
Top