0

#Semcos – Porque o povo tem o direito de saber!
A queda acentuada de arrecadação – que deve ultrapassar os R$ 3 milhões até o final do ano – levou o poder público municipal a acatar parecer do Ministério Público Estadual e não “realizar qualquer eventos de entretenimento com dinheiro público, como shows, feiras, festas, bailes, festivais, promoções dançantes, ou outros eventos assinalados”.
A indicação acima impede o município de realizar a Festa das Nações, previamente programada para os dias 27,28 e 29 de outubro. O prefeito Valdomiro Sobrinho lamentou o ocorrido e lembrou que apesar da crítica quanto à realização de eventos, a atual administração teve um investimento menor neste ano no setor em relação aos anos anteriores. “Se somarmos o que investimentos no Verão Feliz (Prainha do Cascalho), Carnaval de Rua e Festa do Peixe, dá um valor menor do que era investido na Festa das Nações”, enfatizou o prefeito.
Valdomiro lembrou que no próximo ano a Festa das Nações voltará para o mês de maio, para atender as entidades, e que a Festa do Peixe ficará para o 2º semestre. O prefeito explicou que os investimentos culturais realizados neste ano deram resultado, como a Festa do Peixe, e que espera apoio dos governos estadual e federal, e melhora na arrecadação, para poder fazer a 2ª Festa do Peixe no ano que vem.

Postar um comentário

 
Top