0






Um evento nostálgico, histórico e ao mesmo tempo contemporâneo está sendo preparado para registrar os 50 anos de fundação da Folha de Dourados, um dos meios de comunicação mais tradicional de Mato Grosso do Sul. O jornal foi fundado pelo saudoso jornalista Theodorico Luiz Viegas em 8 de março de 1968. A comemoração ainda não tem data definida, mas acontecerá no primeiro semestre deste ano.

O evento terá três momentos principais: o lançamento de um suplemento especial impresso com a história da imprensa de Dourados e artigos de colaboradores do passado e do presente. Também serão homenageadas personalidades que contribuíram com o jornalismo douradense.

Os organizadores também planejam debater o momento atual da imprensa brasileira e mundial que vem sofrendo transformações profundas, tanto no conteúdo jornalístico como publicitário, com o surgimento das mídias sociais. O seminário terá como palestrante um profissional gabaritado e será dirigido aos jornalistas, radialistas, publicitários, estudantes, enfim aos comunicadores e comunicólogos da região sul de Mato Grosso do Sul.    

Com a revolução digital a Folha de Dourados foi um dos veículos de comunicação que se adequou aos novos tempos para sobreviver. Em 8 de março de 2013, a atual direção aboliu a versão impressa para se dedicar exclusivamente ao jornalismo online. Todo o material impresso (edições, fotografias e documentos) foi doado ao Acervo de Documentação Regional da UFGD para preservação e ser fonte de consulta.

Desde setembro de 2017 que a direção da Folha de Dourados articula o evento juntamente com a agência 2 Mil Publicidade que é a responsável pelo desenvolvimento do projeto e da campanha publicitária.



O projeto, na verdade, começou a ser executado no final do ano passado através do Portalwww.folhadedourados.com.br e já tem como parceiros o empresário Waldir Guerra, a Contact Contabilidade e Assessoria Empresarial, os deputados estaduais José Carlos Barbosa e João Grandão, a Pizzaria Bella Itália, os vereadores Idenor Machado, Braz Melo, Sergio Nogueira, Madson Valente e Daniela Hall, a Casa de Carnes Simental, o coordenador do Escritório Regional do Governo MS Valdenir Machado, o Instituto Corpus, o deputado federal Zeca do PT, o empresário José Elias Moreira, o Japa Tattoo Studio, o Restaurante Paladar,  a Douradoor e a imprensa de Dourados.

Postar um comentário

 
Top