0


Define-se como arma de fogo a todo artefato utilizado para o lançamento ou disparo de projéteis sólidos a alta velocidade, utilizando como meio de propulsão uma rápida e controlada expansão de gases proveniente da combustão de um propelente, geralmente a pólvora.

As  armas de fogo são classificadas:

  • De acordo com suas dimensões - portáteis, semiportáteis e não portáteis;
  • Quanto ao modo de carregamento - antecarga (carregadas pela boca) e de retrocarga (munição colocada no carregador, vulgarmente chamado "pente", no tambor ou na parte posterior do cano, denominada câmara).
  • Quanto a forma de carregamento - Por ação do atirador (repetição), automáticas e semi-automáticas.
  • Quanto ao modo de percussão - pederneira, espoleta existente no ouvido ou por espoleta encontrada no estojo.
  • Quanto ao calibre:
    • Nas armas raiadas o calibre é dado em milímetros e em centésimos ou milésimos de polegada (.38 polegadas ou 9 milímetros), dependendo do sistema medição de cada país.
    • Nas armas de cano liso como, por exemplo, nas armas de caça, o calibre é calculado em peso. Uma arma será calibre 36 se sua carga constar de 36 projéteis iguais pesando juntas uma libra. * Raias são saliências encontradas na face interna do cano que imprimem um movimento de rotação ao projétil, dando-lhe uma trajetória estável.
As armas de fogo modernas são carregadas pela culatra (retrocarga) e percutidas por espoleta alojadas no estojo (exceção eita a obuseiros de grande calibre que não possuem estojo). Os morteiros, em sua maioria, são alimentados por antecarga.

Descrevemos a seguir, de forma sucinta os principais tipos de armas de fogo (armas com tubo/cano) existentes e utilizadas na atualidade, e seu emprego mais comum. Incluímos também armas que não se enquadram nos conceitos acima, mas que vale a pena ser citadas por afinidade de emprego.
Revólver


    O revolver é uma arma de fogo curta (de porte) de repetição, alimentada por um tambor rotativo, normalmente com 5 ou 6 cartuchos. Sua finalidade é a de proporcionar poder de fogo rápido de curto alcance (cerca de 25 metros) a quem o carrega, geralmente acondicionado em um coldre pendurado na vestimenta, deixando as mãos livres para outras tarefas. Utilizam calibre variados e são pouco utilizados militarmente.
    Pistola Semi-automática


      O pistola semi-automática é uma arma de fogo curta (de porte) de carregamento automático por ação direta dos gases de projeção, alimentada por um carregador tipo cofre metálico com mola, normalmente acondionando 15 cartuchos. Sua finalidade é a mesma do revólver. Utilizam calibres como o .45 Pol e o 9 mm parabellum, entre outros. São amplamente utilizadas militarmente por se mostrarem uma alternativa mais moderna ao revólver.
      Fuzil de Repetição




        O fuzil de repetição é uma arma de fogo de longo alcance, de carregamento por ação do atirador, alimentado por carregadores semelhantes aos das pistolas, que utilizam munições de potência elevada. Sua finalidade é o tiro de longo alcance (cerca de 300 metros). Utilizam calibres como o 7,62 mm x 51, entre outros. Foram amplamente utilizados militarmente na primeira metade do século XX e fins do século XIX. Atualmente deram lugar ao fuzil de assalto nos meios militares, e são utilizados em tarefas secundárias de emprego civil como caça de grandes animais e aplicações policiais de baixa intensidade.
        Espingarda





          A espingarda é uma arma longa, de alma lisa que dispara projéteis múltiplos (balins). É utilizada no meio civil para caça e no meio militar para combate em ambientes confinados devido e sua capacidade de dispersão dos projéteis, ou em ambientes abertos para o tiro de curto alcance sem pontaria apurada. Podem ser carregadas manualmente ou por dispositivos automáticos, dependendo do modelo. São adequadas ao combate em ambiente de selva devido a dificuldade de fazer pontaria em folhagem espessa. São também chamadas de escopetas (espingarda em italiano).





          O fuzil de assalto é uma arma de fogo de alcance intermediário, de carregamento por ação indireta dos gases de projeção, alimentado por carregadores semelhantes aos dos fuzis de repetição e pistolas, porém devido a sua cadência de tiro ser maior, estes possuem maior capacidade. Utilizam munições semelhantes aos fuzis de repetição. Sua finalidade é proporcionar volume de fogo individual ao combatente de infantaria quando empregado no modo automático, e ao mesmo tempo permitir a estes o fogo seletivo em alcances intermediários (cerca de 100 metros) e modo semi-automático.

          Alguns modelos são construídos com o modo de três tiros que demonstrou grande eficiência em combate pela sua relação consumo de munição/volume de fogo. São amplamente utilizados militarmente, sendo universalmente adotados pelos exércitos modernos. São denominados também como rifles, tal qual os fuzis de repetição.











          Fuzil de Precisão (Sniper)



          O fuzil de precisão é uma arma de fogo de longo alcance (cerca de 2000 metros), capazes de realizar o tiro altamente seletivo, de carregamento por ação indireta dos gases de projeção ou por ação do atirador, alimentado por carregadores semelhantes aos dos fuzis de repetição e pistolas. Geralmente são variações dos fuzis de assalto e de repetição, com adaptações especiais para o tiro de longo alcance como lunetas e outros acessórios, ou especialmente construídos. Utilizam as mesmas munições dos fuzis e metralhadoras médias. São amplamente utilizados militarmente por soldados especialmente treinados para este fim denominados "atiradores de elite" ou "Snipers". Existem modelos pesados com munição de 12,7 mm para fogo de alta potência.


          Carabina


            Esta denominação é comumente dada a fuzis em versões compactas, ou fuzis de uso civil.

            Submetralhadora




              A submetralhadora é uma arma de fogo que proporciona grande volume de fogo em pequenos alcances, devido ao seu tamanho reduzido é a arma ideal para ser portada por militares que desempenham tarefas que não o tiro, pois permite liberdade às mãos de quem a porta. É muito leve e altamente portátil, sendo ideal para motoristas por exemplo, pois a grande tamanho dos fuzis é inadequado para o interior das viaturas.

              Também é uma arma adequada ao combate em ambientes confinados como o interior de edificações e navios. É muito usada por tropas do tipo "comandos" e forças especiais devido a suas característica únicas. Geralmente possui carregamento por ação direta dos gases de projeção e funcionamento automático, são alimentadas por carregadores semelhantes aos das pistolas, porém devido a sua cadência de tiro ser maior, estes possuem maior capacidade. Utilizam geralmente a mesma munição das pistolas, porém algumas partilham a munição dos fuzis.



              Metralhadora Média



                A metralhadora média é uma arma de fogo que proporciona grande volume de fogo em alcances intermediários, sendo amplamente usada como arma coletiva de apoio de fogo a pequenas frações de tropa, tipicamente de infantaria, em complementação aos fuzis de assalto, onde estes se encarregam do fogo seletivo. É idealmente operada por dois indivíduos, pois necessita de muita munição.

                Geralmente possuem carregamento por ação indireta dos gases de projeção e funcionamento automático, são alimentadas por carregadores tipo fita metálica com capacidade ilimitada. Utilizam a mesma munição dos fuzis de assalto. São muito usadas para armar viaturas em geral como carros blindados e aeronaves leves.









                Metralhadora Pesada



                A metralhadora pesada é uma arma de fogo que proporciona grande volume de fogo em alcances intermediários, sendo amplamente usada como arma de apoio para fogo anticarro e antiaéreo, montada em veículos e aeronaves e para a defesa de posições.

                É idealmente operada por dois indivíduos, pois necessita de muita munição. Geralmente possui carregamento por ação direta dos gases de projeção e funcionamento automático, são alimentadas por carregadores tipo fita metálica com capacidade ilimitada. Utilizam munição de grosso calibre, como o calibre de 12,7 mm (1/2 polegada ou .50). Tal qual as metralhadoras médias são usadas para armar carros blindados e aeronaves leves.









                Lança-Rojão



                  As armas tipo lança-rojão são armas sem recuo usadas para para o lançamento de granadas (não são armas de fogo verdadeiras). São usados para fogo anticarro e antifortificação em proveito de pequenas frações de tropa, e idealmente operadas por dois indivíduos, pois sua munição tende a ser volumosa e pesada. Possuem carregamento manual tiro a tiro. Existem modelos descartáveis e reutilizáveis.






                  Lança-chamas




                  O Lança-chamas é um arma que foi muito usada durante as guerras mundiais para desalojar o inimigo de seus abrigos (apesar de lançar fogo, também não são armas de fogo verdadeiras). Também em versões primitivas foi usado na antiguidade para incendiar navios e outros alvos.

                  O operador porta às costas cilindros com líquidos inflamáveis, conectados por mangueira a uma lançadeira nas mãos do operador. Estes líquidos oleosos são acondicionados em um tanque, e um gás inflamável a alta pressão em outro, que ao ser liberado exerce grande pressão sobre os líquidos, forçando-os pela lançadeira que possui um sistema de ignição. A chama é lançada a frente do operador.

                  Atualmente é pouco usado pelas forças armadas do mundo. Também foram montados em carros de combate durante a 2a guerra.






                  Morteiros



                    Morteiros são armas de emprego coletivo para proporcionar apoio de fogo a infantaria. Sua denominação vem do fato de efetuarem o tiro vertical (acima de 45 graus de inclinação). Possuem calibre de 60 a 160 mm, e podem ser carregados por um operador único (modelos de pequeno calibre) ou montados em viaturas, dependendo de seu tamanho. A maioria são carregados pela boca com disparo imediato, porém existem modelos de retrocarga.





                    Canhão de Tiro Rápido




                    Canhões automáticos são armas de grande cadência de fogo e destinam ao fogo anti-aéreo, sendo também usados para apoio de fogo a forças terrestres, como aqueles montados sobre veículos blindados de infantaria.  Funcionam de modo similar às metralhadoras e possuem variados calibres (20 mm, 35 mm, 40 mm, etc...). São utilizados por unidades antiaéreas e unidades de infantaria mecanizada, entre outras. Os modelos especificamente destinados às unidades antiaéreas normalmente possuem seus sistemas de endereçamento equipados com radares e computadores balísticos.







                    Canhão Anticarro


                    São armas utilizadas para proporcionar fogo anticarro a posições defensivas. Muito usados durante a 2a grande guerra, atualmente foram substituídos pelos mísseis anticarro portáteis. Possuíam calibres de 57 mm e 40 mm, por exemplo.


                    Canhão de Campanha e Obuseiro





                      São armas utilizadas para apoio de fogo terrestre, utilizados pelas unidades de artilharia. Possuem calibre variados (75 mm, 105 mm, 155 mm, 203 mm, etc...). São armas pesadas que proporcionam o grosso dos fogos num campo de batalha, e os responsáveis pela maioria das baixas em combate. São empregados para tiro de trajetória balística e posicionados  quilômetros de seus alvos, demandando observadores avançados para correção de tiro.

                      Necessitam de guarnições múltiplas (4 a 12 operadores), dependendo do calibre, e são tracionados por viaturas tipo qualquer terreno ou montados em veículos blindados ou não. Alguns modelos são denominados obuseiros devido a suas característica de tiro, que os diferencia dos ditos canhões de campanha, porém seu emprego é idêntico.

                      São amplamente utilizados por todos os exércitos que o tem como o "todo poderoso" em uma frente de batalha. Necessitam de preparação complexa para sua operação, demandando unidades completas para entrarem em ação. Consomem grande quantidade de munição de grosso calibre e necessitam de suporte logístico pesado.







                      Canhão de Carro de Combate





                      São canhões especificamente destinados a armar carros de combate e construídos em vários calibres, sendo os mais usados no ocidente o de 90 mm para blindados leves, 105 e 120 mm para MBTs. Podem ser carregados manualmente ou por dispositivos automáticos, e sua principal função é o combate contra outros carros de combate.


                      Fonte: http://operacoesmilitaresguia.blogspot.com.br/2012/02/armas-de-fogo-tipos.html


                      Postar um comentário

                       
                      Top