0



O vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul e diretor-geral da Escola Superior de Controle Externo (ESCOEX), conselheiro Ronaldo Chadid, representou a Corte de Contas na cerimônia que deu posse a nova diretoria do Conselho Regional de Contabilidade do Mato Grosso do Sul para a gestão biênio 2018/2019.

No pronunciamento, a presidente eleita, Iara Marchioretto agradeceu a presença de todos e afirmou que sua gestão será de continuidade, pois o CRC/MS está no patamar em que está graças aos seus antecessores: “Tenho muita honra em ser a primeira mulher a ocupar esse cargo, mas chegar até aqui demandou muito trabalho. Estamos aqui, porque demonstramos que com o trabalho que realizamos, capacidade para podermos fazer mais pela classe contábil”.

Na cerimônia realizada no auditório da FAMASUL (08/03), o Conselho Regional de Contabilidade e a Escola Superior de Controle Externo do TCE-MS, consolidaram mais um passo para firmarem um Acordo de Cooperação Técnica entre as duas instituições, com o objetivo de promover a cooperação e o intercâmbio acadêmico, científico, técnico e cultural, visando o desenvolvimento de ações conjuntas e coordenadas de interesse institucional comum, voltadas para o assessoramento, capacitação e aperfeiçoamento dos servidores do TCE/MS e CRC/MS, dos profissionais contábeis e acadêmicos do Curso de Ciências Contábeis.

Entre as ações de educação a serem desenvolvidas no Acordo estão, também, projetos de pesquisa conjuntos; a realização de cursos, seminários, simpósios, para a participação dos servidores da Corte de Contas e do Conselho Regional de Contabilidade; promover o intercâmbio de material bibliográfico, publicações; desenvolver ações que visem o fortalecimento e a efetividade de políticas públicas por meio de estudos e pesquisas, entre outros.

O incentivo aos convênios é fruto de uma de uma visão da gestão compartilhada, adotada pela presidência do conselheiro Waldir Neves, no incentivo de multiplicar as oportunidades de conhecimento do jurisdicionado e sociedade, pela excelência no controle do dinheiro público.

Olga Mongenot









Postar um comentário

 
Top