0



Confira as dicas para aumentar seu poder de decisão

Todo processo de decisão apresenta algum tipo de dificuldade. A menos que seja algo muito positivo, a maior parte das pessoas irá enfrentar conflitos na hora de eleger um caminho. Outros grupo de pessoas pode ainda manifestar medos e fobias exagerados na hora de tomar decisões. Para desenvolver o poder de decisão, algumas buscam apoio de psicólogos para auxiliar nessa viagem ao interior do ser.
Compreender os motivos de protelar decisões é importante na vida pessoal e profissional. Aumentar o poder de decisão pode ser o divisor de águas para receber uma promoção ou assumir cargos de liderança. Algumas profissões irão demandar tomadas de decisão, que podem ser o sucesso ou não de um empreendimento. O certo é que em algum momento, todos nós iremos passar situações que exigem que se exerça o poder de decisão, implicando no direcionamento da vida.

Toda escolha é difícil

Sabemos que toda escolha é uma renúncia e provavelmente, renunciar é mais complexo que escolher. Renunciar significa abrir mão de algo e isso exige autonomia e segurança. O fato é que a maior parte das pessoas não foram educadas para assumir seu poder de decisão, sendo muitas vezes preferível apenas acatar ordens naturais ou determinadas por alguém que irá assumir o risco.
Em cargos de liderança o exercício e poder de decisão é evidenciado. Espera-se que o líder decida pelo grupo, manifeste sua impressão e que se algo fugir do controle que ele tenha um plano B e arque com o resultado das decisões, arriscando sua posição na empresa, ou até sua reputação.
Para aumentar seu poder de decisão, reunimos algumas dicas para ajudar nesse processo, reduzindo a margem de erro e incrementar as chances de sucesso.

1) ANLISE SOB TODAS AS ÓTICAS, CONHEÇA OUTRAS VISÕES

Conhecer profundamente todos os fatores que regem uma situação irá contribuir na tomada de decisão. Busque conhecer outros pontos de vista, fatores de risco e que influenciam na decisão. A maior parte das vezes é a falta de informação em profundidade que faz com que se tema o inesperado. Muitas coisas não dependem necessariamente de nós, nesse caso, considere tudo o que depende de você, mas não esqueça de analisar também o que foge do controle.

2) CONHEÇA AS VARIÁVEIS PARA PREVENIR ERROS

Considerar as variáveis é uma base importante para desenvolver o poder de decisão. É sabido que podemos ser tendenciosos. Podemos ser mais otimistas ou pessimistas, mas o certo é que considerar mais cenários pode contribuir de forma satisfatória, pois amplia o horizonte e torna previsões distintas, conhecidas.

3) DESENVOLVA O PODER DE DECISÃO COM PRUDÊNCIA

Tenha paciência, não haja sob pressão ou por impulso, nem tente agradar ninguém. Tomar decisões acertadas requer segurança e autoconhecimento. Somente com perseverança e quando esgotadas as possibilidades, decisões mais complexas podem ser tomadas.
Aumentar o poder de decisão significa emponderar-se de seu processo analítico e muitas vezes considerar a intuição. Ponderar esses fatores requer prudência. Isso evitará que você seja paralisado pelas circunstâncias.
>>>> Leia também: Tomando Decisões

4) APRENDA A DELEGAR E AUMENTE SEU PODER DE DECISÃO

Saber delegar é uma arte. Delegar significa confiar nos talentos que outras pessoas têm, para fortalecer o poder da decisão. Ter outros envolvidos pode muitas vezes ajudar no levantamento de questões específicas. Considerar apoio técnico é fundamental, e aceitar outras experiências pode encurtar o caminho entre a dificuldade e solução para cada caso.

5) REAVALIE OS RESULTADOS EM CADA ETAPA DE DECISÃO

Poucas decisões são definitivas. Aceite que você pode errar ou algo sair do controle. Nesses casos, recuar, reavaliar e corrigir falhas fará toda a diferença no resultado final. Grandes planos de negócios e estratégias são revisadas periodicamente, para garantir que os indicadores demonstrem sucesso nas ações. Ter humildade para aceitar o que pode ser melhorado, é com certeza o que nos separa do sucesso ou de uma pequena ou grande falha.
É muito importante ressaltar que todos sentimos medo do que não conhecemos, e que o sucesso vem da repetição e correção de falhas. Vamos ganhando experiências e assim progredindo. Considerar o apoio de um psicólogo para entender as razões que impendem que se tome decisões é crucial para a assertividade nas decisões.
Esse artigo foi útil? Pode ser que você se interesse por esse aqui também: Principais diferenças entre preocupação e ansiedade.
Autora: Thaiana F. Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

Postar um comentário

 
Top