0


Efetivo foi reforçado para impedir novo ataque enquanto bandido era atendido em hospital de Coronel Sapucaia


Para evitar nova troca de tiros entre bandidos que atuam na fronteira, policiais sul-mato-grossenses reforçaram na noite de ontem (17) a segurança em Coronel Sapucaia, a 400 km de Campo Grande.

O motivo foi a transferência para o hospital da cidade de um suspeito de ligação com o tráfico de drogas, baleado por um pistoleiro em Capitán Bado, do lado paraguaio.

De acordo com policiais da fronteira, o ferido seria contador do narcotráfico e sofreu emboscada por um pistoleiro. Mesmo atingido por vários tiros, o homem conseguiu reagir e matou o pistoleiro.

Temendo novo ataque dos bandidos rivais que poderia colocar em risco moradores e principalmente profissionais de saúde do hospital local, policiais civis e militares de Coronel Sapucaia mobilizaram forte aparato para garantir a escolta enquanto o ferido era atendido e depois até ele ser levado para o hospital de Ponta Porã.

O nome do homem ferido na troca de tiros não foi divulgado, mas ele é apontado como narcotraficante que teria se desentendido com outros bandidos, por isso foi alvo do atentado.

Fonte: campograndenews
Por: Helio de Freitas, de Dourados

Postar um comentário

 
Top