0

A Polícia Civil suspeita que mais duas pessoas tenham participado do sequestro de uma jovem de 20 anos, mantida em cárcere privado, na zona rural de Iguatemi, a 466 km de Campo Grande. Os dois foram detidos. Um deles tem 17 anos e é irmão da vítima.



De acordo com delegado Pablo Ricardo dos Reis, o autor do sequestro e a jovem, grávida de 4 meses, terminaram o relacionamento há cerca de 7 meses. A mulher reside em Eldorado, a 447 km da Capital, e no momento e estava em casa quando foi abordada pelo ex-companheiro.
Na tarde de terça-feira, por volta das 15h, o rapaz, que não teve a idade divulgada, aproveitou que o atual marido da jovem foi trabalhar. Na casa estavam a mulher e sogra. Segundo a polícia, ele fez ameaças à sogra da vítima e levou a ex-mulher do local até uma casa na área rural de Iguatemi.
No local, agrediu a mulher e a estuprou durante a noite. A polícia investiga a participação do irmão da vítima no sequestro e de outra mulher, dona da arma encontrada na casa com munições. A polícia descobriu o cativeiro no final da manhã de hoje e prendeu o homem em flagrante.
Antes da ação policial, a mulher conseguiu atingir o ex-marido com água quente, provocando queimaduras pelo seu corpo.
O menor de idade e a outra mulher envolvida foram encontrados juntos hoje à tarde em um assentamento de Iguatemi.
A mulher foi socorrida e encaminhada para uma unidade do município e posteriormente foi encaminhada para o hospital de Naviraí em estado debilitado.
Vítima mostra marcas das agressões provocadas pelo ex-companheiro (Foto: Direto das Ruas)




Vítima mostra ferimento provocado pelo autor do sequestro (Foto: Direto das Ruas)

Postar um comentário

 
Top