0

Tudo bem que não devemos alimentar as esperanças sobre o retorno do Monza ao Brasil, porém só o fato dele ter sido ressuscitado na China já nos enche de esperanças: depois de Ford Escort e Volkswagen Santana, chegará ao maior mercado automotivo do mundo a nova geração do Chevrolet Monza. O modelo foi desenvolvido exclusivamente para o mercado asiático, portanto,


Construído sobre a mesma plataforma D2XX do Chevrolet Cruze, Buick Excelle e Verano, o Chevrolet Monza será mais uma alternativa de sedã médio da General Motors na China. Em preço e posicionamento de mercado, ele ficará entre o Cavalier (que usa a plataforma do antigo Cruze) e do Cruze atual. Em medida, ele marca 4,63 m de comprimento, 1,79 m de largura e 1,48 m de altura.
As imagens, vazadas no Ministério do Estado na China, revelam que o Monza 2019 mescla elementos dos novos Prisma/Onix e do Malibu. É possível que o modelo influencie a segunda geração do Cobalt que já está em desenvolvimento. A dianteira é marcada pela larga grade frontal que recebe um friso cromado dividindo a peça em dois. O cromado também serve de conexão entre os dos faróis.
Versões esportivas
Além das variantes com visual mais pacato, o Chevrolet Monza 2019 terá duas variantes esportivas. A RS traz para-choques mais esportivos, com entradas de ar maiores, aerofólio traseiro, máscara negra nos faróis, logotipo da Chevrolet em preto e uma barra cromada conectando as lanternas. Já a versão Red Line traz gravata, retrovisores, aerofólio e rodas em preto, além de detalhes em vermelho por toda carroceria.
A carroceria conta com vincos em forma de arco, com grande área envidraçada e perfil de sedã tradicional, sem apelar para o visual de cupê como o Cruze. A traseira exibe mais elementos do Malibu e do novo Prisma, a exemplo das lanternas visualmente recortadas e para-choque com vincos integrados à tampa do porta-malas.
Motorização
Na China, o novo Monza terá dois motores. As versões de entrada serão equipadas com um 1.0 turbo de 115 cv com consumo registrado de 19,6 km/l em ciclo misto. Já os Chevrolet Monza mais completos virão com o novo 1.3 turbo de 156 cv e consumo de 17,3 km/l em ciclo misto. As opções de transmissão não foram reveladas.

Foto reprodução/Ministério do Estado (China)
Foto reprodução/Ministério do Estado (China)
Foto reprodução/Ministério do Estado (China)
Foto reprodução/Ministério do Estado (China)
Foto reprodução/Ministério do Estado (China)
Foto reprodução/Ministério do Estado (China)

Fontes: MSN e iCarros

Postar um comentário

 
Top