0

A Polícia Civil tem investido cada vez mais em um banco de dados com informações sobre as tatuagens criminais mais comuns para auxiliar o trabalho de policiais e investigadores nas ruas e em redutos violentos. A Polícia Militar também tem apostado na mesma artimanha durante as rondas ostensivas e nas abordagens de suspeitos, principalmente em bairros localizados nas periferias das regiões sul, leste e norte.
Destaque. Serpente com espada, figura da morte com foice, caveira com punhal cravado, cruz nas costas, carpa, palhaço, saci com cachimbo, sepultura, a letra ‘x’ pontilhado, demônio e revólver, entre outras dezenas são algumas que ganham destaques e chamam a atenção da polícia. A tatuagem da carpa é uma das mais feitas em todo o mundo por ser um símbolo de prosperidade, fertilidade e com possibilidade de estar em ascensão no mundo criminoso em alguns casos, segundo o delegado da DIG de São José, Osmar Henrique de Oliveira. “Quando a cabeça da carpa está apontada para cima significa que o indivíduo está em ascensão dentro do crime organizado. Esta marca em algumas pessoas pode significar ligação com o crime organizado”, disse.
Maioria. Segundo ele, quase 90% das pessoas detidas nos quatro primeiros meses deste ano da região têm algum tipo de tatuagem que possibilita a identificação e a trajetória na vida criminal. “Na rua os policiais fazem a abordagem de indivíduos e o conhecimento nesta área contribui com o trabalho de investigação nos inquéritos. É uma forma de os ‘foras da lei’ se comunicarem entre eles”, afirmou.
Facção. Das tatuagens de integrantes do PCC, as mais usadas são o próprio nome da facção (ou o símbolo 1533), a carpa, o símbolo chinês 'Yin Yang' e a sigla PJLI (Paz, Justiça, Liberdade e Igualdade), considerado lema pela organização. Outras facções como o 'CRBC' (Comando Revolucionário Brasileiro da Criminalidade), '’TCC' (Terceiro Comando da Capital) e ‘SS’ (Seita Satânica) também apostam neste ‘código criminal’.
OS SIGNIFICADOS DAS TATUAGENS
Caveira Significa morte e é usada por presos que cometeram homicídio
Cruz Indica um indivíduo de alta periculosidade. É feita nos ombros e nos braço. Na versão com duas velas é ligado a arte da magia negra
Águia Simboliza liberdade. É desenhada quando está terminando de cumprir pena
Carpa significa que o indivíduo está em ascensão dentro do crime organizado
Folha de maconha Utilizadas por pessoas do tráfico de drogas e por viciados
Saci Muito comum nos anos 80 por traficantes de SP e do Rio
Morte com foice Representa presos ligados a grupos de extermínio. São tidos como justiceiros
Serpente Representa assaltantes ou pessoas traiçoeira e covardes
Sereia Simboliza estupro ou atentado violento ao pudor. Geralmente estão em detentos estupradores. São feitas a força
Serpente e punhal Simboliza traição, dedo duro ou informante de policiais. São detentos que não possuem a confiança do grupo. Também são feitas contra a vontade
Espada / Punhal Indica um elemento perigoso e destemido, ou seja, já cometeu homicídio usando arma branca
Demônio Aquele que mata por gosto. É a preferida de homicidas e assassinos e nunca sentem remorso
Palhaço / Coringa Tatuada geralmente em quem pratica pequenos roubos e furtos. Tem potencial para ser um matador de policiais
Senhora Tem dois significados: pequena, é um símbolo de proteção e esperança, no alto das costas, quer dizer que o preso foi condenado por estupro e violentado na cadeia. Se tatuada nas mãos, braços ou coxas significa praticante de homicídio
Pontos entre o polegar e o indicador Um ponto representa os batedores de carteiras, dois pontos significam estupro, três pontos identificam ligação com o tráfico. Quatro pontos significa indivíduo que pratica furto e roubo. Cinco pontos indica a pessoa como chefe de quadrilha, facções e homicidas"

Postar um comentário

 
Top