0


O ano passado foi de muito trabalho no Instituto CCR, que tem a responsabilidade de qualificar e estruturar a gestão dos projetos apoiados pelo Grupo CCR. Se comparado a 2017, 2018 teve um aumento de 30% do público impactado, atingindo mais de 2,7 milhões de pessoas.

“Mais do que um número, esse dado representa a importância estratégica do Instituto CCR para a companhia. Estamos conseguindo estruturar e otimizar o investimento social e levar cultura a mais pessoas”, afirma Hágatha Proença, do Instituto CCR.


Em 2018, o grande destaque ficou por conta da Tour Internacional, com a pianista Simone Leitão. O projeto, apresentado pelo Ministério da Cultura e o Instituto CCR, foi incentivado por meio da Lei Rouanet. A artista percorreu oito cidades de cinco países, apresentando peças de Villa-Lobos, Bach-Busoni e Rachmaninoff em espetáculos gratuitos.


“A tour foi o primeiro projeto internacional que visitou nossas unidades no exterior. Estreitamos a relação com essas unidades e levamos um pouco da cultura brasileira para esses países”, conta Hágatha.


Este também será um ano de muito trabalho e comemoração, afinal, em 2019, o Instituto CCR comemora cinco anos. “Um dos projetos que realizaremos é a implantação da capacitação EAD dos professores do Caminhos para a Cidadania. Com isso, teremos mais flexibilidade para eles acessarem o conteúdo de onde quiserem. É a modernização do sistema”, destaca Hágatha.

Confira os indicadores gerais do Instituto CCR em 2018:
  • Total de público impactado - Mais de 2,7 milhões
  • Municípios impactados - Mais de 150
  • Projetos executados - Cerca de 90
  • Unidades impactadas - 20 unidades

Projetos imactaram mais de 2,7 milhões de pessoas Projetos imactaram mais de 2,7 milh

Postar um comentário

 
Top