0


MAUÁ | SP – A polícia federal indiciou nesta segunda-feira (7) os 22 vereadores de Mauá pelo crime de corrupção passiva. O prefeito, Átila Jacomussi (PSB) e o ex-secretário, João Gaspar, foram indiciados pelo crime de corrupção ativa e organização criminosa.
O indiciamento é resultado das investigações da Operação Trato Feito deflagrada no dia 13 de dezembro. De acordo com a PF as provas colhidas encerram a fase de investigação.
Indiciado é o sujeito apontado pelo delegado, dentro de sua convicção legal, com base nos indícios colhidos na investigação, como autor do crime. O delegado responsável envia o indiciamento para o titular da ação penal, que nesse caso, é o Ministério Público, para que ele ingresse com a ação.

Postar um comentário

 
Top