0


Após prisão de boliviana, PF fez operação para desarticular organização criminosa

A Polícia Federal apreendeu em um apartamento em São Paulo (SP), R$ 883 mil em dinheiro durante o cumprimento a um mandado de busca e apreensão expedido pela 3ª Vara Federal de Campo Grande. A apreensão aconteceu nesta terça-feira (12) durante a operação ‘Dinheiro vivo’, que começou após a prisão de uma boliviana de 32 anos, em Nova Andradina.
A mulher foi flagrada no dia 15 de outubro do ano passado, com US$ 800 mil, cerca de R$ 3 milhões, em um ônibus que seguia de São Paulo para Campo Grande.
No apartamento, localizado no bairro de Higienópolis, capital paulista, os policiais prenderam dois homens e uma mulher, apreenderam um VW Fox prata 2018 e um GM Cobalt prata 2018, pertencentes aos três presos.
A ação aconteceu em conjunto da Polícia Federal de MS e SP.
Prisão de boliviana em MS
A mulher foi presa pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na BR-163, em Nova Alvorada do Sul, após passar mal dentro do ônibus. Durante o atendimento, os policiais revistaram a mala da boliviana e encontraram os dólares.
Na ocasião, a mulher disse que não sabia que estava levando tamanha quantia e que, na verdade, estaria levando roupas compradas em São Paulo para revender na Bolívia. Ela disse aos policiais que mora e tem família em Santa Cruz de La Sierra.
Após a prisão dela, a PF começou uma investigação, que levou até a apreensão dos R$ 800 mil no apartamento em SP.

Postar um comentário

 
Top