0

"Objeto voador não identificado poderia ser um meteoro. Autoridades fizeram buscas, mas não tiveram êxito"

"Veículos de imprensa de Santa Catarina têm noticiado o aparecimento e aparente queda de uma bola iluminada na praia de Campache, em Florianópolis. O fato aconteceu no último domingo e foi registrado em vídeo.

Entre as hipóteses estão sinalizadores, fenômenos meteorológicos e espaciais, a queda de uma aeronave e, claro, já há quem diga se tratar de um disco voador. Além do objeto, testemunhas dizem ter ouvido uma explosão no local.

ETs avistados em Curitiba? Arquivos da Aeronáutica “elegem” a capital dos discos voadores

O mistério aumentou ainda mais após o Corpo de Bombeiros e a Capitania dos Portos de Santa Catarina, órgão pertencente à Marinha, não terem localizado vestígios do objeto voador não identificado nas ilhas Xavier e do Campeche.

Em entrevista ao programa SC no Ar, o comandante Cesar de Assunção Nunes, do Corpo de Bombeiros, afirmou que o avistamento também ocorreu no extremo Sul do estado.

“Pressupõem três hipóteses. A primeira de uso de um sinalizador [de pesca] indevido, o que é muito difícil apurar. A segunda é de um caso de descargas atmosféricas, que pode ser avaliado com satélites. A terceira hipótese é a entrada de meteoros na atmosfera que podem ter produzido essa intensidade luminosa”, informa.

O comandante afirma ainda que não havia aviões no espaço aéreo e não descarta a intervenção humana proposital tanto para gerar o fenômeno quanto para maximizar a “bola luminosa” em vídeos.


O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro. Esse é o trabalho de um jornalista e a missão da Gazeta do Povo. Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos.

 Apoie o jornalismo da Gazeta do Povo Já é assinante?


Copyright © 2019, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Postar um comentário

 
Top