0

(Créditos da imagem: Shutterstock).

Um novo documentário chamado de Behind The Curve” foi recentemente lançado na Netflix, observando as pessoas do movimento da Terra plana e como elas acabam acreditando em uma ideia tão errônea.
O documentário recebeu críticas positivas, com comentários sobre como a obra se concentra no lado humano do movimento, ao invés de descartá-lo.
Muitos espectadores desfrutaram de um clipe específico do documentário, no qual um Terraplanista prova que a Terra não é plana diante das câmeras. Nas palavras imortais de Meryl Streep: Estes são os momentos que fazem a vida valer a pena.
No clipe, um membro da Terr plana, conhecido como Jeran, de um grupo conhecido como Globebusters, criou um experimento simples para provar que a Terra é plana. Ela usou duas tábuas, ambas com um buraco a uma altura de 5,18 metros acima do nível da água, uma câmera e uma pessoa, com o nome de Henrique, segurando uma tocha na mesma altura e alinhada com os buracos.
Se a Terra fosse plana, não importava o quão longe Henrique estivesse, a luz seria vista a partir dos buracos. Mas em uma Terra esférica, há a curvatura para considerar. Dada a distância de Henrique dos buracos, ele teria que posicionar a luz acima de sua cabeça (7 metros acima do nível da água) para que ela fosse vista.
Quando o experimento começou, a luz não apareceu na câmera. Jeran, perplexo, telefonou para Henrique para confirmar a altura da luz a 5,18 metros acima do nível da água. Em uma Terra plana, ele deveria estar vendo a luz. Jeran então pediu a Henrique para levantar a luz acima de sua cabeça. E eis que a luz resplandeceu.
“Isso é interessante”, comentou Jeran no clipe.
E quer saber? É interessante. A montagem desse experimento é básica desde 1863, quando Samuel Birley Rowbotham primeiramente o realizou no rio Old Bedford. Repetidas vezes o experimento revelou a curvatura da Terra. Ainda assim, é importante continuar a repetir os experimentos clássicos já que a repetição é uma das pedras angulares da ciência.
Você pode conferir o clipe aqui:
Publicidade

Postar um comentário

 
Top