0

Por Heloisa Lanzarini


Thalles Tomazelli é natural de Itaquiraí, tem 29 anos, advogado, e há dois anos se casou e essa união deu a ele ‘seu bem mais precioso’, a família, que ficou ainda mais completa com a chegada do filho do casal.
Thalles conversou com Correio do MS sobre vários assuntos: família, profissão, política, economia, e ao longo da entrevista, ele mostra porque é uma personalidade de destaque. Embora jovem, Thalles possui experiência de vida, sua preocupação com o coletivo e bem estar social fazem dele um homem de visão inovadora, com ideias e projetos que podem contribuir para o avanço da sociedade.
Após se formar em Direito em 2012, Thalles iniciou suas atividades na Advocacia em Itaquiraí. O advogado é pós-graduado em Direito Público e tem MBA em Gestão de Negócios. Porém, o trabalho faz parte da vida de Thalles desde adolescência. "Com 16 anos comecei a trabalhar na oficina mecânica do meu tio. Após concluir o ensino médio, iniciei faculdade, comecei a estagiar na área jurídica e logo que formei me dediquei à carreira."
O exemplo de trabalho vem da família. Thalles cita o avô Sebastião Santos Tomazeli, primeiro prefeito eleito de Itaquiraí, o pai Marcio Tomazelli, que também foi prefeito da cidade e o primo Jaison Tomazelli que foi vereador, todos como referência. "Aprendi muito, me ensinaram coisas fundamentais sobre a vida. Meu pai sempre foi uma pessoa muito trabalhadora, me ensinou sempre a fazer o bem e correr atrás dos objetivos. Construa para sua família e para sociedade uma realidade melhor, as coisas dão certo."
Começamos a entrevista perguntando a Thalles porque escolheu Direito. "O conhecimento que o Direito nos dá perante a comunidade é muito amplo, e o Direito é uma forma de você contribuir com a Justiça", resume.
Questionado a respeito da atual crise econômica e o que pode ser feito, no caso de Itaquiraí, para driblar a crise, Thalles apresenta boas perspectivas. "Entendo que precisamos levar renda e opção de trabalho para população. No caso do nosso município, temos que levar maior renda pro campo e ao mesmo tempo gerar emprego na cidade, industrializá-la. Quando você tem uma economia que cresce, as famílias possuem renda, têm arroz, feijão, automóvel, podem educar seus filhos, as pessoas passam a ter escolhas e não ficam mais reféns da economia. Isso se chama liberdade econômica. Precisamos trabalhar para que isso se torne uma realidade em Itaquiraí."
Para isso, Thalles destaca a importância de se investir nos jovens e qualificá-los para o mercado. "Temos que fazer com que jovens não saiam de nosso município em busca de vida melhor, precisamos gerar emprego e renda para eles. Hoje, nossa cidade tem forte renda vinda da agricultura familiar, indústria e comércio. Temos algumas indústrias, mas ainda precisamos evoluir, temos que expandir o setor industrial, podemos crescer mais. Capacidade e prosperidade nosso povo tem, por isso, a qualificação dos jovens é fundamental, pois temos dificuldade hoje quanto à mão de obra ligada à capacidade técnica".
Para Thalles, é preciso investir mais na agricultura, fazer com que o agricultor tenha condições e oportunidade de se desenvolver. "Temos hoje mais de três mil famílias assentadas. Precisamos fazer com que essas famílias tenham melhores condições de renda, temos que ter recursos financeiros para investir, fomentar a agricultura, além de novas indústrias no Município para que nossa economia seja diversificada, evitando dependência de uma ou duas empresas".
Foi pensando no desenvolvimento da cidade e focado na necessidade de geração de emprego e renda para população, que Thalles, aceitou, em 2016, o desafio de ser candidato a vice-prefeito da Itaquiraí. "Minha caminhada política começou em 2014, ao lado da nossa atual ministra Tereza Cristina e do deputado estadual Paulo Corrêa. Em 2016, recebi convite para integrar a chapa "Retomando Desenvolvimento". Não nos elegemos, mas saímos do processo com grupo fortalecido, elegemos três vereadores na coligação e dois vereadores no nosso partido, completando a maior bancada parlamentar e temos pessoas interessadas e competentes preocupadas com a cidade".
 
Thalles Tomazelli e a Ministra Tereza CristinaThalles Tomazelli e a Ministra Tereza Cristina
Thalles relembra que a ideia de disputar uma eleição partiu da própria sociedade. "Sempre andei muito pela cidade, e as pessoas começaram a me falar que deveria disputar a eleição. Meus amigos também incentivaram e minha esposa me apoiou, sem apoio dela nada teria sido possível. Embora não tenha vencido, aprendi muito, continuo minha caminhada e estou à disposição porque meu foco é ajudar cidade".
Uma das ideias de Thalles que mais chamou a atenção da população, em 2016, foram suas propostas para o desenvolvimento local, em especial da área rural da cidade. "Hoje, nossa cidade tem 60% da densidade populacional no campo, não podemos ignorar isso, temos que ajudar essas famílias a se desenvolver economicamente."
Ao ser indagado sobre a responsabilidade e o papel do gestor público, Thalles é bem claro: "Gestor público é funcionário do povo, essa é a essência da função, ele é representante do povo eleito para cuidar do dinheiro público e investir de forma prudente".
No final da entrevista, Thalles fala da família e conta como é gratificante poder estar com sua esposa e seu filho e acompanhar o crescimento dele. "Faço questão de estar sempre com eles, almoçamos juntos, depois do trabalho estamos em casa e aos finais de semana também, sempre juntos, minha família é minha maior dádiva".
Questionado sobre as eleições de 2020, Thalles explica não haver nada definido, mas afirma estar à disposição da população de Itaquiraí. "Independente de eleição, quero contribuir para o crescimento da minha cidade, se esse for o caminho, estou à disposição, mas por enquanto ainda é cedo para pensar nisso."

Postar um comentário

 
Top