0


Corpo foi deixado ao lado de sua caminhonete e encontrado por militares da área
O subcomissário da Polícia Nacional do Paraguai, Juan Eladio Alvarenga Martínez, 42 anos, foi morto com tiro nesta sexta-feira (7). O corpo foi deixado ao lado de sua caminhonete e encontrado por militares da área, conhecida pelo domínio de traficantes. Conforme o site ABC Color, Juan era chefe do 3º Subcomitê da Guavirá, colônia rural no departamento de Canindeyú.
A área onde o corpo foi localizado é particular, com poucos habitantes e com uma base militar. Assim que encontraram ao lado da caminhonete, os militares acionaram a polícia. O subcomissário foi atingido na região do tórax. “Eu só tenho preliminarmente que foi executado com uma arma de fogo”, disse o delegado da área, que não repassou detalhes.
A região é conhecida pela presença de grupos de narcotráfico. No entanto, de acordo com a polícia, é prematuro relacionar o crime a esse domínio de traficantes na região.
A Colônia Guavirá fica próxima a Mundo Novo e Japorã, considerado um dos pontos mais remotos e desolados da fronteira seca com o Brasil, a cerca de 25 quilômetros do centro urbano de La Paloma e a cerca de 50 quilômetros de Salto del Guairá.

Postar um comentário

 
Top