0


A previdência privada é uma das formas mais conhecidas de se acumular capital em longo prazo. Com o atual cenário econômico brasileiro, onde o déficit da previdência social, benefício garantido aos trabalhadores pelo INSS, está cada vez maior, investir em um futuro financeiro seguro tornou-se essencial. A previdência privada é uma alternativa atrativa para quem busca segurança e tranquilidade quando se decide parar de trabalhar. 
Saiba mais sobre os principais benefícios que este investimento pode proporcionar.

Renda futura

Este é o principal objetivo da previdência privada, garantir uma renda mensal no futuro, podendo esta ser sua principal fonte de renda ou um complemento à aposentadoria garantida pelo INSS. O período ideal para começar a investir em previdência privada é quando se está trabalhando ou gerando renda. Nesta fase, que chamaremos de período de investimento, ocorre a acumulação de patrimônio, que são os depósitos que você faz no plano de previdência privada que contratou. É importante escolher uma contribuição mensal que não comprometa seu orçamento.
Após este período, ocorre a fase de recebimento do benefício, que é quando você resgata os recursos que acumulou. O recebimento da renda se dá com a idade que você definiu previamente no momento da contratação do plano. O ideal é que você faça aportes por, pelo menos, duas décadas, devido à rentabilidade, que veremos no tópico a seguir.

Rentabilidade

A rentabilidade da previdência privada é superior a outro investimento popular, a poupança, e, por ser uma aplicação de longo prazo, o capital acumulado é maior, garantindo uma renda mais alta no futuro. Por exemplo, se você tem 30 anos e deseja se aposentar com 60 anos, investindo R$350 por mês durante três décadas, ao final do período de investimento você terá acumulado R$492.992,71*
*Saldo projetado estimado com base na hipótese de rentabilidade de 8% ao ano.

Manutenção do padrão de vida

O benefício de aposentadoria pago pelo INSS limita-se ao teto de R$5.189,82 no ano de 2016. Isto quer dizer que, não importa qual é o seu salário atualmente, você não receberá mais do que o valor máximo pago pela previdência social quando se aposentar.
Portanto, caso você ganhe um salário superior ao piso máximo do INSS, investir em um plano de previdência privada é uma ótima saída para manter seu padrão de vida atual quando a aposentadoria chegar.

Investimento fácil

A previdência privada é uma excelente aplicação para quem não tem experiência em gerir patrimônio. Basta escolher uma administradora de confiança para começar a investir na sua aposentadoria e a entidade cuidará da composição dos fundos para você.

Benefício Fiscal

Outra grande vantagem da previdência privada é que existem planos dedutíveis no imposto de rendaPor exemplo, quem tem uma renda mensal de R$4.500, contribui com R$540 para seu plano de previdência privada e declara imposto de renda pelo formulário completo, tem um ganho fiscal de R$141,12 (veja o cálculo tabela abaixo). Lembrando que a legislação tributária permite a dedução integral do valor contribuído desde que não supere o teto de 12% da renda bruta tributável.
PrevidenciaxPoupanca_Comparativo

Controle financeiro

A previdência privada nos incentiva a ter disciplina, já que as contribuições são mensais, facilitando o controle do orçamento.
Isto porque são recursos investidos mensalmente ao longo dos anos, que não sobrecarregam seu orçamento, mas que lá na frente ajudarão a realizar seus projetos de vida ou conquistar a tranquilidade financeira na hora em que decidir aposentar.

Segurança para você e para quem você ama

A previdência privada simplifica a sucessão patrimonial em caso de falecimento do titular do plano, já que o contratante pode alocar a distribuição dos recursos da previdência privada para os beneficiários que escolher. Isto traz segurança e tranquilidade financeira para amparar a família em momentos tão delicados. Além disso, com um plano de previdência privada você tem um bom montante acumulado para eventuais gastos urgentes.
Planejar aposentadoria é cada vez mais importante e, ao contrário do que parece, não é uma tarefa complicada. Escolha um plano de previdência privada que mais se encaixe com seus objetivos, e aí, é só você começar a investir no seu futuro.

Postar um comentário

 
Top