0


Vlamir Brandalizze comenta as vendas mais fracas em decorrência do tabelamento original e a alta nos custos dos fertilizantes

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou uma nova tabela de preços mínimos de frete rodoviário nesta quinta, dia 18. Para o analista de mercado Vlamir Brandalizze, a medida é preocupante, já que o tabelamento original tem elevado os custos de produção e comprometido a renda do produtor.
Um estudo realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) corrobora com a análise e mostra que, desde que a tabela entrou em vigor, os preços dos fertilizantes aumentaram quase 40% e as negociações futuras perderam ritmo. “Quanto mais distante do porto, maior é esse custo. A tabela está intimidando os negócios e dificultando a negociação da safra nova”, afirma Brandalizze.
Para o analista, o cenário, que já é preocupante, pode continuar. “Porque as empresas de fertilizantes são as que mais usam o transporte terrestre, o acaba impactando no custo final”, alerta.

Postar um comentário

 
Top