0


Os ladrões mantiveram um supervisor de logística e sua família como reféns para ter acesso à informações privilegiadas sobre o local e o embarque da carga Aeroporto de Cumbica: Bandidos disfarçados como Polícia Federal fazem roubo milionário no terminal de cargas (Dado Galdieri/Bloomberg)



Uma quadrilha roubou na tarde desta quinta-feira, 25, uma carga milionária de ouro de dentro do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, onde ocorreria o embarque do material em uma aeronave. Os ladrões usaram veículos clonados identificados como da Polícia Federal para entrar no local e realizar o roubo. Ninguém ficou ferido e os criminosos estão sendo procurados pela polícia.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, para executar o roubo, os ladrões mantiveram o supervisor de logística e sua família como reféns parater acesso à informações privilegiadas sobre o funcionamento do local e o embarque da carga. O sequestro teria acontecido na noite desta quarta-feira, 24, e se estendido até o início da tarde desta quinta. Isso teria facilitado a ação criminosa, que foi realizada com agilidade no início da tarde. Os reféns já foram liberados. A operação de embarque e desembarque não foi afetada pelo roubo e funciona normalmente.
As viaturas clonadas foram abandonadas e os investigadores acreditam que o grupo tenha trocado os veículos para dificultar a localização. A PRF estima em cerca de 750 quilos de metais preciosos, incluindo ouro, foram levados do local. A carga está avaliada em US$ 30 milhões, cerca R$ 113 milhões. Os metais preciosos seguiriam para Zurich e Nova York.
O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil de São Paulo, é o responsável pela investigação.

*Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo

Postar um comentário

 
Top