0
Para ter o lar ideal, uma das suas preocupações deve ser a escolha adequada entre os vários tipos de revestimentos para áreas externas.
A quantidade de opções é grande, cada uma com diferentes resultados estéticos e estilos decorativos — isso sem contar com a resistência em relação aos agentes naturais, que pode variar muito de um material para o outro.
Por isso, neste post você saberá um pouco mais sobre as ideias mais utilizadas na hora de aproveitar melhor a sua varanda ou terraço, deixando a área externa do seu apartamento muito mais bonita! Confira:

Por que é importante revestir a sua área externa?

Em primeiro lugar, é essencial que você saiba que os revestimentos para áreas externas não cumprem somente a função decorativa. Eles realmente dão um charme a mais para seu apartamento, proporcionando uma ótima impressão para as visitas, mas, além disso, são um instrumento de proteção para a sua residência.
O revestimento protege a estrutura da construção dos agentes naturais externos, como a chuva, o sol, a poluição, o frio, etc. Sabendo disso, na hora de escolher o material, é preciso levar em conta as condições ambientais da região onde você mora e se atentar aos cuidados de manutenção.

Quais são os melhores tipos de revestimentos para áreas externas?

Agora que você já sabe que os revestimentos para áreas externas precisam ser escolhidos com cuidado, veja quais são os principais materiais disponíveis para esse fim:

Pastilhas

As pastilhas de parede estão em alta e são muito versáteis. Você pode encontrar esse tipo de revestimento nos mais diversos materiais, incluindo vidro, cerâmica, porcelana e até mesmo inox.
Para quem é mais clean, é possível fazer uma composição harmônica e suave com as monocromáticas. Já para quem busca uma decoração mais chamativa, vale investir nas mescladas para conseguir um visual rústico ou vintage.

Madeira natural

A madeira também cai muito bem em qualquer ambiente do apartamento. Seja para o mobiliário, para adegas ou para o assoalho, esse material é sempre muito elegante. E agora, tanto quanto no ambiente interno, também faz sucesso como um dos melhores e mais tradicionais revestimentos para áreas externas.
Você pode, por exemplo, utilizar a madeira no piso da sua varanda, no teto ou pérgula do seu terraço. Um tipo de acabamento que cai muito bem com portas ou janelas de vidro e com luminárias de cores quentes, por exemplo.
Além disso, para quem não dispensa um pouco de verde no apartamento, uma dica é apostar em hortas suspensas feitas com vigas de madeira, caixotes ou mesmo prateleiras delicadas para dar suporte aos vasos com suas plantas favoritas.

Granito

Esse é um tipo de pedra natural bastante resistente e que é a aposta da vez entre os revestimentos para áreas externas. Optando por esse material, você pode escolher entre:
  • cores claras ou escuras;
  • pontilhados discretos ou manchas marcantes;
  • acabamento polido ou bruto;
  • aspecto liso ou com ondulações e rugas, etc.
Uma consideração importante é que, ao revestir sua varanda ou fachada, o material escolhido deve ser menos poroso e com menor granulação, de forma a resistir mais à umidade.

Porcelanato

O porcelanato é outro queridinho de quem quer revestir a área externa, porque é um material que alia beleza à alta durabilidade e resistência, já que é impermeável. Além disso, o porcelanato tem a vantagem de ser muito fácil de limpar.

Mosaicos

Os mosaicos são ótimos para quem gosta de combinar diferentes cores, texturas e estampas. Um painel de azulejos coloridos dá um ar divertido e acolhedor para a residência. Já os que seguem o estilo minimalista deixam a área externa mais sofisticada e clean.
É legal saber combinar as cores fazendo uso dos princípios da cromoterapia. Dessa forma, o efeito final dos mosaicos pode até interferir nas emoções e sensações de quem os observa.
E aí, já escolheu uma entre essas opções de revestimentos para áreas externas? Lembre-se de que o mais importante nessa decisão é aliar a funcionalidade de um bom material ao estilo da sua família e seus gostos pessoais!
Gostou dessas sugestões? Então não deixe de assinar a nossa newsletter e receber mais dicas como essas para morar bem!

Postar um comentário

 
Top