0

Os tiros acertaram a vítima na cabeça, na mão e no braço
Na tarde desta quinta-feira (5), Adarcio Sanchez Allende, 56, foi executado por pistoleiros em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. O crime ocorreu por volta de 15h, em frente à mercearia dele, no bairro San Pedro.
O comerciante era tio de Wilson Roberto Sanchez, 32, morto com 22 disparos de pistola calibre 9 milímetros na manhã de terça-feira (3) no bairro Santa Fé, na mesma cidade.
Adarcio Allende estava sentado em uma cadeira de fio ao lado da mãe em frente ao comércio dele quando os pistoleiros de moto chegaram e o alvejaram com vários tiros de pistola 9 milímetros. Os tiros acertaram a vítima na cabeça, na mão e no braço.
Policiais que estiveram no local do crime desta tarde não descartam a possibilidade de as mortes estarem ligadas. Há boatos na fronteira de que Wilson, executado na terça-feira, seria agiota.

Postar um comentário

 
Top