0

A Polícia Civil prendeu 7 pessoas e recupera prejuízo à vítima que poderia ultrapassar meio milhão de reais

Na madrugada deste sábado (07), por volta das 04h30min, em uma propriedade rural situada às margens da BR-163, nesta 3 (três) indivíduos encapuzados, mediante violência e grave ameaça, com emprego de uma arma de fogo do tipo revólver, surpreenderam a vítima e seu funcionário, restringindo a liberdade destes, levaram eles até a residência do proprietário rural, onde também renderam sua esposa e filhos. Consta que a vítima ainda entrou em luta corporal com os agressores, sendo atingido na cabeça com duas coronhadas, resultando em lesões corporais  e em seguida teria sido amarrado.
Após toda a família ser rendida, os autores subtraíram joias e dinheiro da residência e ainda obrigaram a vítima a preencher diversos cheques. Também subtraíram uma caminhonete SW4, ano 2017, com a qual empreenderam fuga.  As vítimas libertaram-se e comunicaram a polícia.
Após o fato ter chegado ao conhecimento da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Naviraí, por meio do SIG (Setor de Investigações Gerais), diligencias foram realizadas, que culminaram na prisão de dois moradores de Naviraí, um de Eldorado-MS e outro de Itaquiraí. As ações que resultaram nas prisões foram desencadeadas com apoio das Unidades da Polícia Civil daquelas cidades. Os quatro indivíduos foram indiciados como participes do crime. Dois tiveram a função de cuidar da polícia enquanto outros dois de realizarem o levantamento material e de rotina da vítima.
Durante as investigações, os policiais descobrirão que os autores do crime, ou seja, aqueles que tinham armados, rendido as vítimas, eram do Estado do Ceará e para aquele estado estariam retornando em um táxi contratado após o crime.
Com auxílio do Núcleo Regional de Inteligência da Polícia Civil de Naviraí e da PRF de Naviraí e Polícia Militar do Estado de São Paulo, os autores foram encontrados no Município de Jales, Estado de São Paulo, na Rodovia SP-320, KM 586, onde foram abordados e preso com certa quantia em dinheiro provenientes do roubo.
A caminhonete também foi localizada pelo SIG de Naviraí, assim como as jóias, que estavam na cidade de Eldorado e foram localizadas em posse de Renato quando da sua prisão pela polícia civil daquele Município.

Dois veículos utilizados pela quadrilha para execução do crime foram apreendidos. Foram presos,  Manoel Messias Alves Balbueno(45), Renato Rocha(58), Daniel Pinto da Mota(46) e Ramon Lopes Alves(39). Os outros três indivíduos, que seriam do Estado do Ceará, estão sendo autuados no estado de São Paulo, informou a Polícia Civil de Naviraí.

Postar um comentário

 
Top