0


Não sou nenhum especialista em produtividade ou gestão de tempo, mas, ao longo dos anos no mundo corporativo e como eterno estudante que sou, descobri alguns hábitos que me ajudam a produzir mais.

Já procrastinei muito nessa vida, sempre empurrando para frente os deadlines, principalmente os prazos acadêmicos como trabalhos na faculdade, TCC, artigos e outros, e isso não é motivo de orgulho, até me sinto desconfortável em compartilhar isso.

Bom, quando percebi que alguns hábitos me ajudavam a concluir minhas atividades com certa folga de tempo, minha vida mudou e começou a fluir melhor. Mas antes disso acontecer, convivia frequentemente com “aquela voz” do nosso subconsciente martelando frases do tipo:

“Gustavo, aproveita seu tempo livre para terminar seu artigo.”

“Gustavo, o prazo para a entrega final está chegando e você não está nem na metade do que deveria ter feito.”

E conforme vai passando os dias, semanas e meses, essa voz aumenta gradativamente de um sussurro para uma voz bem alta alertando:

“O PRAZO FINAL PARA A ENTREGA DO ARTIGO É SEMANA QUE VEM, VAI CONTINUAR VAGANDO PELA INTERNET OU VAI CONCLUIR O QUE TEM QUE FAZER?”

É ai que, normalmente, essas pessoas que deixam para depois trabalham 03, 04, 05 dias SEM PARAR, dormindo muito pouco e comendo mal, para entregar sua tarefa dentro do prazo. Já aconteceu isso com você?

Pois é, não vou nem comentar sobre o resultado final desse trabalho, afinal, tudo aquilo que você planejou fazer meses antes não pôde ser concluído por “falta de tempo”, não é mesmo?

Antes de apresentar algumas dicas que podem ajudar a aumentar sua produtividade, recomendo que após ler esse artigo você volte aqui e assista essa rápida palestra sobre procrastinação, sério, é muito boa, vale a pena assistir!

Pois bem, continuando aqui, conforme foi passando o tempo, decidi parar de procrastinar e tomar uma atitude, comecei a estudar sobre produtividade, alta performance, capacidade de concentração e foco… e acabei achando muito material sobre isso.

Após realizar esses estudos, adaptei algumas estratégias que funcionaram e funcionam para mim, pois, nem tudo é adaptável ao seu cotidiano, então, espero que aproveite e inclua – caso ainda não realize – essas atividades no seu dia-a-dia.

Vamos lá então, separei 7 dicas que vão ajudar você a ser uma pessoa mais produtiva:

1. Escreva as 3 principais atividades que irá realizar no dia seguinte


Separar 15 minutos antes de dormir é o suficiente para você listar as 03 principais atividades que deverão ser realizadas no dia seguinte. É importante que você faça essa lista por ordem de prioridade, exemplo:

Atividade 1 – É a mais importante
Atividade 2 – Menos importante que a primeira atividade.
Atividade 3 – Menos importante que a primeira e segunda atividades.


Fazendo isso você terá clareza por onde começar e irá evitar de começar o dia atropelando as coisas.

2. Durma bem


Pesquisas revelam que uma noite bem dormida pode melhorar o raciocínio, a memória e aumentar sua produtividade.

Estudos realizados pela instituição americana National Sleep Foundation, indicam que uma noite bem dormida para um adulto, significa dormir 8 horas, mas isso pode alternar de pessoa para pessoa, o recomendado por esses especialistas é dormir entre 06 e 08 horas por noite.

3. Desligue tudo que possa distraí-lo


Pessoas naturalmente bagunceiras podem se atrapalhar por essa característica.

Caso você for estudar, por exemplo, limpar a mesa e deixar apenas o notebook, livro ou seja lá qual for o instrumento de estudo, vai ajudar na sua capacidade de concentração para aquilo.

Um exemplo clássico é o celular ao lado do computador, aquele inofensivo instrumento de comunicação pode distraí-lo a qualquer momento, basta apitar quando chega uma mensagem no whatsapp ou notificação do facebook que, pronto, seu foco e atenção muda para o celular. Então, deixar a mesa organizada com apenas o computador e um copo de água pode manter você concentrado por mais tempo.

4. Atividade física e boa alimentação


Corpo em movimento significa maior circulação sanguínea no cérebro e quanto maior essa circulação, maior o número de novos neurônios.
Estudos revelam que a principal área do cérebro afetada (para melhor) por exercícios físicos é o hipocampo, região responsável pela memória, legal isso né?


Outra questão importante também é: Ter uma boa alimentação.

A OMS (Organização Mundial de Saúde) realizou uma pesquisa que mostra que uma pessoa com nível de nutrição adequado pode atingir até 20% de aumento em produtividade.

Essa pesquisa ainda mostra que peixes, nozes, grãos, e até mesmo o chocolate escuro/amargo, são ótimos alimentos para quem quer “turbinar” o cérebro.

5. Saiba dizer NÃO


Saber dizer não pode ajudá-lo a concluir sua atividade dentro do prazo determinado.

Como já comentamos, produtividade tem muito a ver com o poder e capacidade de concentração e ter FOCO é saber dizer NÃO.

6. Otimize seu tempo


Não sei se esse é o seu caso, mas, muitas pessoas passam longos períodos do dia se deslocando até o trabalho e do trabalho para a casa.

Que tal aproveitar esse tempo ocioso no carro ou no ônibus para aprender?

Uma forma leve de aprender é através de podcasts ou áudio books, que são arquivos de áudio onde contém informações que podem auxiliar você a desenvolver novas habilidades e conhecimentos.

7. Crie o hábito de ser produtivo


Convido você a colocar em prática as dicas apresentadas nesse artigo e como falei anteriormente, nem tudo o que está aqui poderá ser útil no seu cotidiano, porém, tenho certeza de que você criando o hábito de se planejar e se organizar para ser mais produtivo, sua produtividade irá aumentar de forma consistente.

Transforme hábitos ruins que, talvez você identifique que o atrapalhe, em hábitos que irão trazer retorno em forma de resultados produtivos no seu dia-a-dia.

Se comprometa com seus objetivos e caminhe em direção das suas metas.

Espero que tenha gostado desse artigo e caso tenha lembrado de algum amigo ou contato que “deixa as coisas para depois” compartilhe esse texto com ele, quem sabe ele se anime a ser mais produtivo!

Obrigado e até breve!

Postar um comentário

 
Top