0

O curitibano Alberto Carlos, de 67 anos, resolveu viajar completamente sozinho pela América do Sul a bordo do seu fiel escudeiro, um Fiat 147. Foram 15 mil quilômetros em 45 dias, e foram gastos R$ 9 mil para conhecer o Brasil, Argentina, Bolívia, Peru, Chile, Paraguai e Equador.
A aposentadoria se tornou muito pacata para Alberto, que já trabalhou como padeiro, comerciante, em uma fábrica de brinquedos e até num circo. Ele precisava de alguma coisa diferente e sair da rotina, foi pensando nisso que resolveu embarcar na maior experiência da sua vida.
Casado há 43 anos, com três filhos e dois netos, o aposentado viajou apenas com uma mala de roupas, uma caixa de ferramentas, um colchonete, barracas e alguns outros objetos úteis. Ele dormia dentro do carro e procurava campings para tomar banho e fazer as refeições, o que acabou sendo uma grande economia. Alberto ainda conta que comprava muitos itens em mercados e fazia um estoque dentro do carro com água e coisas básicas para comer.
créditos: Natalia Filippin/G1
Foram muitas histórias vividas durante a viagem. Dentre elas, o aventureiro conta que na Argentina ele ouviu um sino tocando e pensou em ir na missa, quando chegou na igreja estava bem cheio e não entendia muito bem o idioma, por isso demorou para perceber que estava em uma celebração que na verdade se tratava de um velório, mas mesmo assim permaneceu no local e acompanhou o enterro. Uma história um tanto quanto diferente, né?
créditos: Arquivo pessoal/Alberto Carlos Fröhlich
aposentado pensou muitas vezes em desistir e voltar para casa, mas sempre tinha alguém para o colocar firme na missão. De acordo com ele, a sua próxima viagem será muito em breve e agora pretende levar sua esposa Célia, a bordo de uma “perua”, que ele mesmo está reformando.
Alberto diz que quer inspirar e incentivar muitas pessoas para que saiam do comodismo e se aventurem pelo mundo. E aí querido viajante, bora seguir os passos do seu Alberto?
Viva mais histórias com Hurb

Postar um comentário

 
Top