0

   Iniciada a mais de 6 meses, a obra de construção do redutor de velocidade adaptado no alto da Rua Santa Teresinha no Centro de Eldorado-MS, a conhecida "passarela da Santa Teresinha", já passou por alguns ajustes porém continua sem a instalação da sinalização de trânsito, fato que vem sendo alvo de reclamações por parte dos moradores e comerciantes do local que estão ansiosos pelo término da obra.
  
   Esta obra após sua primeira conclusão, apresentou problemas na drenagem de águas e teve que ser refeito o trabalho, onde estendeu o prazo para sua conclusão. Segundo uma moradora do local, sem a sinalização os motoristas não conseguem fazer a frenagem a tempo, o que acaba aumentando o risco de acidentes e principalmente atropelamentos, pois as pessoas optaram fazer a travessia da rua neste local, afirmou Ela. 

  A resolução número 738 de setembro de 2.018 do Contran – Conselho Nacional do Trânsito, aponta que a implantação de faixa elevada para travessia de pedestres deve ser acompanhada da devida sinalização, contendo, no mínimo: placa de Regulamentação "Velocidade Máxima Permitida", sempre antecedendo a travessia; placas de Advertência "passagem sinalizada de pedestres", acrescidas da informação complementar "faixa elevada", antes e junto ao dispositivo. Pede ainda demarcações em forma de triângulo na cor amarela sobre o piso da rampa de acesso da faixa elevada para travessia de pedestres.
   




Fotos e Texto:  Anderson Dutra Barbosa DRT/MS: 1.441

Postar um comentário

 
Top