0

  Sem previsão para a conclusão ou solução da ação paliativa para melhorar a iluminação da Avenida Brasil, a adaptação realizada nos superpostes fixados no canteiro central da via, sendo anexado uma estrutura metálica para funcionamento do dispositivo de iluminação em LED, sigla para Light Emitting Diode, que significa “diodo emissor de luz”, continua causando uma verdadeira confusão entre os que aprovam e os que desaprovam a instalação realizada pela Prefeitura de Eldorado-MS, sendo considerada por alguns moradores como "Gambiarra".

  Este fato também está gerando um certo desconforto entre quem entende de iluminação pública, bem como os Arquitetos da cidade e região que circulam pela nossa linda Av. Brasil. Além da iluminação em Led em questão, a administração atual também investiu com a realização de algumas melhorias, como a poda de árvores e plantio de novas mudas, decoração com pneus usados e iluminação na rotatória da MS 295, conhecida como Praça da Bíblia e o reparo das calçadas em alguns locais que estavam danificados.


  Na gestão da Ex. Prefeita Marta Araújo, esta avenida foi contemplada com diversos investimentos conquistados por Ela em Brasília ou na capital do Estado de MS, que somados ultrapassaram Milhões de Reais, com a execução de projeto de paisagismo no canteiro central, troca das lâmpadas de todos os superpostes, instalação de lixeiras ecológicas em diversos pontos da via; instalação de redutor de velocidade "quebra molas", instalação de sinalização de transito em todos os cruzamentos da via, bem como a instalação de placas com o nome das ruas nos cruzamentos.

 Para melhorar a qualidade de vida, valorizar imóveis e garantir mais saúde, desativou fossas sépticas por meio de instalação da rede de coleta de esgoto; acabou com as inundações em diversos pontos da via, com a realização das obras de drenagem de águas pluviais; estendeu a avenida até o final do Bairro Jardim Ipê e por fim realizou recape com malha asfáltica de alta qualidade em praticamente toda a extensão da Brasil, fatos estes que levaram diversos empresários a construir salas comerciais imponentes, mudando o aspecto visual da via principal de nossa cidade.


  Na visão de um antigo morador de Eldorado com conhecimento técnico na área, as lampadas incandescentes que estavam ligadas nestes superpostes, possuem vantagens sobre as LED em outros aspectos: elas produzem a chamada luz "quente", que é mais natural aos olhos dos seres humanos, sem contar que são mais baratas quando necessitam de manutenção, com a única desvantagem sendo no seu consumo de energia, que pode ser regulado por dimmer, também conhecido como variador de luminosidade.

  O trecho onde foi desativado os superpostes e feito a instalação da estrutura metálica é pequeno, e os municípios têm uma verba específica que todo mês vem na conta de luz a cobrança da contribuição pela iluminação pública, que o morador tem que pagar, onde a Energisa recolhe esse dinheiro e repassa ao poder Executivo, que é obrigado pela Constituição Federal a usar esse recurso exclusivamente no sistema de iluminação da cidade, afirmou o cidadão eldoradense.

Outro detalhe comentado por alguns comerciantes, é que durante a noite, quando em viagem, dirigindo na BR 163, sentido a Eldorado, ao se aproximar cerca 17 km da cidade, já era possível observar a luz que resplandecia no céu da cidade, efeito provocado pelos superpostes.



Após conversar com Gestores Municipais de 19 cidades no Extremo Sul do nosso Estado e Oeste e Sudoeste do Estado do Paraná, o Jornalista Anderson Dutra conferiu um exemplo que deveria ser aplicado na Avenida Brasil em Eldorado-MS, sem destruir os superpostes, apenas destinando a armação instalada a outra região da cidade e colocando o Led no topo do poste em questão, que é a ação realizada pelo Prefeito Cleber Fontana, na principal avenida de Francisco Beltrão-PR, a Júlio Assis Cavalheiro, que recebeu investimentos de R$ 300.000,00 mil para a implantação da iluminação de Led nos superpostes em todo o seu trecho, da ponte do Rio Marrecas até o prolongamento.

Ao todo foram instaladas 264 lâmpadas que garantiram melhor luminosidade e redução de quase 80% no consumo e iluminou o coração de Beltrão, que está linda e próspera com a gestão de Cleber Fontana.






Fotos e Texto: Anderson Dutra Barbosa DRT/MS 1.441
(Gambiarra: Wikipédia)

Resultados da pesquisa

Resultados da We

Postar um comentário

 
Top