0


O PSDB Mulher de Mato Grosso do Sul manifesta indignação frente às constantes práticas de violência contra as mulheres em nosso Estado. O lamentável episódio de agressão física cometido pelo vereador de Bela Vista, Francisco Leite Gutierres (PSDB), contra a também vereadora da cidade, Fabrízia Tinoco (PRB) é mais uma prova do machismo latente em nossa sociedade. Nós mulheres do PSDB repudiamos a atitude truculenta do nosso correligionário que violou o direito à liberdade de expressão e os princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana e igualdade entre homens e mulheres, exteriorizando o preconceito e a desigualdade entre gêneros. 

É revoltante que em pleno século XXI, nós mulheres vivenciemos atos machistas do tempo das cavernas, quando a posição de inferioridade em relação aos homens predominava em todos os níveis sociais. O triste caso relatado pela vereadora Fabrízia em sua página no Facebook, retrata o quão difícil ainda é a realidade do universo da política, tão massivamente dominado por homens que não aceitam a igualdade de direitos e de espaços de poder.

Como pessoa pública e porta-voz do povo, Fabrízia buscava informações sobre  obra não finalizada. Incomodado com as críticas feitas ao secretário municipal de Obras, Luís Gonzales Fernandes, Gutierres teria conforme relato dela, sido extremamente agressivo. “Ele ‘grudou’ no meu braço com toda a força, me arrastou pelos cabelos e me jogou para fora da sala como se eu fosse um lixo”, disse ela em vídeo publicado no Facebook.

Fabrízia estava exercendo seu dever de fiscalizar, de cobrar e, acima de tudo, zelando pelo bem-estar da população de sua cidade. Assim como ela, nós do PSDB Mulher de Mato Grosso do Sul nos sentimos agredidas e desrespeitadas. As marcas no corpo de Fabrízia irão passar, mas nosso sentimento de indignação não! 

Não nos calaremos e nem fecharemos os olhos diante de um ato tão covarde de violência explícita contra uma mulher que apenas buscava defender o direito dos cidadãos de seu município. Os homens públicos devem dar exemplo e não, em hipótese alguma, estimular o preconceito. À Fabrizia e à todas as mulheres que sofreram e sofrem com o machismo e o preconceito, manifestamos nossa total solidariedade e apoio. 

Mara Caseiro
Presidente do PSDB Mulher de Mato Grosso do Sul

Postar um comentário

 
Top