0

Quais são os benefícios do comércio eletrônico para o seu negócio e por que você deve fazer um curso de E-commerce?

A prevalência do E-commerce continua a crescer e não mostra sinais de desaceleração.
Enquanto lojas físicas ainda compõem a maioria das vendas, as vendas de comércio eletrônico estão crescendo mais rapidamente.
Por isso é tão importante investir nesse tipo de comércio e saber sobre os benefícios do comércio eletrônico, além disso, fazer um curso de ecommerce para estar na frente da concorrência.
Não importa se você já possui uma loja física e pretende começar uma loja virtual ou se já vai começar direto empreendendo no E-commerce.
O que você deve ter em mente é que o ambiente online pode trazer inúmeros benefícios para o seu negócio.
E, para mostrar quais são esses benefícios é que este artigo foi criado.
Além disso, você também verá aqui a importância de fazer um curso de E-commerce para se destacar cada vez mais.
Continue a leitura e saiba mais!

O que é e-commerce?

O E-commerce abrange qualquer transação comercial que envolva a transferência de informações pela Internet.
Portanto, o comércio eletrônico pode ter muitos formatos diferentes.
Antes de iniciar um negócio de comércio eletrônico, você deve estar atento às diferenças entre o mundo virtual e o mundo físico.
O E-commerce inclui não apenas ter um site, mas também vender nas redes sociais, marketplaces e dispositivos móveis.
Há muitas maneiras de atrair os consumidores pela Internet, o que permite que as empresas encontrem novos consumidores em qualquer lugar do mundo, 24 horas por dia, sete dias por semana.
Por isso é tão importante fazer um curso de E-commerce para aprender mais a fundo todas essas questões.
Confira alguns dos principais benefícios do comércio eletrônico.

As principais vantagens do E-commerce

Essas vantagens são muitas das razões pelas quais os comerciantes estão se voltando para o comércio eletrônico e fazendo com que suas as vendas cresçam.
  1. Mais agilidade e rapidez
Ao contrário do varejo tradicional, sua loja virtual pode estar pronta e funcionando em apenas alguns cliques (se você estiver procurando por uma loja básica).
Plataformas de e-commerce como Magento ou Shopify permitem que você use modelos pré-fabricados para criar uma loja virtual.
Marketplaces como Mercado Livre exigem que você somente configure uma conta antes de começar a vender.
Para os empreendedores que procuram um início rápido, o E-commerce será a sua melhor aposta.
Contanto que você tenha uma conexão com a internet e um computador, você pode começar seu negócio de qualquer lugar, até mesmo do seu sofá, depois que você fizer, é claro, um curso de E-commerce.
  1. Baixo custo
Em muitos casos, é possível abrir uma loja virtual com pouco investimento. Veja como:
  • Há várias plataformas de e-commerce que custam menos de R$ 100,00 por mês.
  • Redes sociais, marketplaces, pesquisa orgânica e Google Adwords são maneiras econômicas de comercializar sua empresa
  • Executar e gerenciar negócios sozinho para eliminar custos de folha de pagamento
Quando você vai abrir uma loja virtual, o E-commerce permite que você evite muitos dos gastos iniciais que o varejo tradicional tem.
Você pode ir construindo seu negócio à medida que suas vendas forem crescendo.
  1. Aumentar a presença e alcance da marca
Em 2018, 81% dos compradores realizaram pesquisas online antes de comprar. É seguro assumirmos que esses números aumentarão a cada ano.
Os clientes pesquisam online para saber a qualidade do produto ou serviço e comparar preços, além de buscar opiniões e avaliações de outros consumidores.
Dessa forma, abrir uma loja virtual ajuda a garantir que os clientes em potencial encontrem suas informações sobre o produto e possam compará-los.
Isso aumenta o alcance e força de sua marca para que você esteja sempre à frente de seus concorrentes.
Para aprender todos esse detalhes, você tem que fazer um curso de E-commerce.
  1. Atingir novos mercados
O E-commerce abre as portas para você alcançar muito mais clientes.
Se você está apenas começando ou já é um vendedor há algum tempo, na Internet sempre existirá um público-alvo em busca do que você tem para vender. Basta encontra-lo.
Os vendedores de lojas físicas estão limitados por sua localização. Afinal, os clientes devem se locomover para visitar suas lojas.
Com o E-commerce é diferente, você pode vender para clientes em qualquer lugar do mundo, a qualquer hora do dia, sua loja virtual nunca fecha.
Se você vender em marketplaces internacionais, como Amazon, Alibaba ou eBay, você pode atingir clientes em todos os países do mundo, com custo muito baixo.
Todos os canais de comércio eletrônico têm um público exclusivo para os vendedores aproveitarem.
Para novos vendedores, o comércio eletrônico é a melhor maneira de atingir o público mais amplo.
No entanto, se aventurar nesse mercado sem conhecer alguns detalhes, é falhar na certa.
Lembre-se da necessidade de fazer um curso de E-commerce para aprimorar seus conhecimentos e evitar os erros mais comuns.
  1. Fornecer mais informações sobre produtos
Sua presença online permite que você forneça mais informações sobre seus produtos e serviços para seus clientes.
Um site de e-commerce, especialmente, oferece aos visitantes um local para conhecer mais detalhes sobre os produtos e ajuda-los a decidir pela compra.
Conteúdo é muito importante no E-commerce. Mas, como saber como fazer?
É fácil, por meio de um curso de E-commerce.
Nos cursos de E-commerce da ComSchool, você vai aprender, por exemplo, que o conteúdo principal do produto inclui descrições detalhadas de produtos, fotos, comentários de consumidores, vídeos, disponibilidade de inventário na loja e preços, por exemplo.
Essas informações ajudam o cliente a tomar sua decisão de compra na sua loja virtual.
Seu site de E-commerce também pode fornecer mais informações sobre sua empresa ou como usar seus produtos.
Você pode ter páginas dedicadas a contar a história da sua marca e ao modo como seus produtos são produzidos.
Postagens de blog e vídeos também podem fornecer conteúdo útil sobre o uso de seus produtos ou serviços e assim evitar que seus vendedores percam tempo no telefone tirando dúvidas mais comuns.
Por exemplo, as empresas de alimentos fornecem receitas e dicas para os consumidores em seus sites. Esse tipo de conteúdo cria uma história para marca, ao mesmo tempo em que proporciona uma experiência melhor para o cliente.
Em um mercado competitivo, esse tipo de informação diferencia você de outros vendedores.
  1. Servir nichos de mercado
O E-commerce facilita ainda mais o atendimento a mercados de nicho. Pode ser difícil para aquele colecionador de moedas raras encontrar um vendedor em sua cidade.
No entanto, a facilidade e a amplitude da Internet facilitam essa busca.
Se você vende um produto de nicho ou atende a um nicho de mercado específico, com certeza é muito melhor vender seus produtos online.
Você abrirá sua loja virtual para uma maior quantidade de consumidores.
Um curso de E-commerce completo será capaz de ensinar você todas essas informações.
  1. Esteja onde seus clientes estão
A maioria dos consumidores não apenas pesquisa produtos online, essas pessoas também estão comprando nas lojas virtuais.
Segundo a comScore, os compradores agora fazem 51% de suas compras online, em comparação com 48% em 2015 e 47% em 2014.
Venda onde seus clientes estão. Se a maioria de seus clientes fizer compras online, você deverá vender online.
O comércio eletrônico permite atender às expectativas de compra de seus clientes.
De um modo geral, normalmente é muito fácil, de baixo risco e baixo custo abrir uma loja virtual, independentemente de você já ter ou não uma loja física.
Desde que você escolha cuidadosamente seus produtos, tenha um plano de negócios apropriado e faça um curso de E-commerce, há muito potencial para renda passiva e alto ROI a longo prazo.

Faça um curso de E-commerce!

Por fim, para conseguir realmente ter todos os benefícios do comércio eletrônico em seu negócio, é fundamental fazer um curso de E-commerce.
Mas, em qual lugar?
Se essa for a sua principal dúvida, fique sabendo que a ComSchool é a única escola no Brasil que tem cursos de E-commerce certificados oficialmente pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico.
Os cursos de E-commerce estão divididos em vários níveis, do básico ao avançado e podem ser feitos presencialmente ou ao vivo pela Internet, ou seja, não tem desculpa para você não estudar.
Nunca se esqueça de que faltam profissionais de E-commerce no mercado, por isso você não deve deixar de investir!

https://news.comschool.com.br/beneficios-do-comercio-eletronico/

Postar um comentário

 
Top