0



 

Willams Araújo

Em solenidade simples ocorrida nessa quarta-feira (19), na sede da entidade, em Campo Grande, obedecendo às regras sanitárias e distanciamento social, o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Pedro Caravina, deu início à entrega de 500 termômetros para prevenção à Covid-19 (novo coronavírus) nos 79 municípios do Estado.

Durante o ato, os aparelhos foram entregues a vários prefeitos que poderão usá-los como quiser, principalmente em barreiras sanitárias em seus municípios.

No total, são 500 aparelhos comprados pela Assomasul como parte de mais uma ação social visando combater o aumento do índice de contaminação da doença que deixou as autoridades públicas e a população em pânico e em isolamento social.

Segundo Caravina, a Assomasul vem fazendo, desde o início da pandemia, um trabalhando de orientação de apoio aos 79 municípios e também ações concretas de combate ao coronavírus.

O dirigente municipalista lembrou que em parceria com o projeto “Corona Vidas”, de Dourados, e outras instituições, a Assomasul distribuiu mais de 20 mil máscaras de proteção facial (faceshields Shields) a profissionais que atuam na área de saúde pública nos 79 municípios do Estado.

“E agora, numa nova ação concreta, a distribuição dos termômetros, também para os 79 municípios, são 500 termômetros adquiridos que vão propiciar um trabalho melhor nas cidades”, destacou o presidente da Assomasul, que, além de orientar os gestores públicos durante a crise sanitária, com adoção de medidas restritivas e decretos de calamidade pública, tem buscado parcerias para auxiliar os municípios no enfrentamento a pandemia.

Presente ao ato de entrega dos aparelhos, o prefeito de Itaquiraí, Ricardo Favaro Neto, disse que trata-se de mais uma ferramenta importante para a saúde dos profissionais.

“A gente deve realmente engrandecer a atitude da Assomasul por essa iniciativa de poder ajudar os municípios diante de todas essas dificuldades que nós estamos vivendo”, disse Favaro.

Para o prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin, os termômetros vão servir muito, não só apenas nas questões das barreiras sanitárias, mas também para uso em comodato nas igrejas de seu município e outras atividades. “Vai ajudar muito esse instrumento onde têm aglomeração, para controlar esse fluxo de pessoas”, disse.

“Eu acredito que, no momento que estamos vivendo, toda aquela ajuda que vem para os municípios é importante e como a Assomasul é a nossa instituição que atende os 79 municípios, hoje é um momento que devemos fazer essa ação e assim estamos fazendo, como o Caravina esteve presente em todas as ações que nós solicitamos”, colocou o prefeito de Caracol, Manoel Viais, integrante da diretoria da Assomasul.

O prefeito de Santa Rita do Pardo, Cacildo Dagno Pereira, disse que a entidade sempre foi parceira. “A Assomasul nos ajudou com máscaras, agora está nos ajudando com esses aparelhos de medir a temperatura das pessoas”, resumiu.

“A gente fica muito feliz com isso, porque realmente tem hoje um presidente que está ajudando os municípios”, sintetizou o prefeito de Rio Verde, Mário Kruger.

O prefeito de Coxim, Aluizio São José, disse que a distribuição dos aparelhos é estratégica porque muitos municípios hoje estão trabalhando com barreiras sanitárias no sentido de fazer um filtro, uma análise de quem chega à cidade.

“Então, esses termômetros serão de fundamental importância como medida efetiva de combate ao coronavírus, com a prevenção àquelas pessoas que a gente vai fazer verificação da temperatura para saber se estão todas bem, enfim é um gesto de preocupação com a população e um instrumento importante nesse momento”, elogiou o prefeito de Coxim.

O prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja, disse que os municípios hoje trabalham com muita dificuldade e um ação como esta é muito importante.

“Lutar contra o desconhecido, com o invisível é muito difícil. Logicamente que com essas ajudas, com essa participação da Assomasul, através do presidente Caravina, vão facilitando as coisas. Acho que a parceria é uma coisa que enaltece, a nossa administração de Maracaju é baseada em parcerias”, disse Maurílio, que também participou do ato. 

TERMÔMETROS 

Certificado pelo Inmetro, os aparelhos são munidos de sensor infravermelho, que mede a temperatura a partir do calor da superfície corporal da pessoa.

Além de eficaz, não há nenhum contato com a pessoa, e o resultado sai na hora. Se a temperatura estiver acima do normal, soa um bipe diferente.

De acordo com a área técnica da entidade, as prefeituras podem retirar os aparelhos da sede da entidade, na Capital.

Postar um comentário

 
Top